Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Serviços Especializados’

23.° Congresso da World Sexual Health Association (WAS) 2017

A Dra. Alessandra Diehl, preceptora da residência médica em psiquiatria do Instituto Bairral e atual presidente do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), foi uma das palestrantes no 23.° Congresso da World Sexual Health Association (WAS), evento realizado em Praga, capital da República Checa, entre 28 e 31 de maio. Ela conta que a atividade da qual participou foi um dos simpósios da Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana (Sbrash) a convite do seu presidente, o psicólogo Itor Finotelli Júnior. A Dra. Alessandra esteve lá para falar sobre os dados inéditos de um estudo epidemiológico populacional brasileiro a respeito do uso de substâncias e violência entre as minorias sexuais do Brasil. Os dados revelam que entre as minorias sexuais brasileiras a violência começa cedo na vida e persiste durante a fase adulta; acredita-se que estas sejam algumas das vulnerabilidades que podem justificar a maior probabilidade de uso de determinadas drogas desta população.

A Dra. Alessandra contou que o congresso reuniu cerca de 700 especialistas do mundo todo de áreas afins bastante variadas, tais como a clínica, educação, pesquisa e advocacy em saúde sexual e sexualidade, sendo que o Brasil teve a segunda maior delegação, com 45 participantes nesta edição do conclave. Estiveram presentes colegas do Projeto Afrodite da Unifesp, do Protig do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, a diretoria da Sbrash e membros da equipe do grupo de pesquisa em sexualidade CNPQ da Unisal, do qual a Dra. Alessandra também faz parte, entre outros.

Dentre os temas que mais a encantaram, apontou as experiências bem sucedidas de educação sexual nas escolas da Suécia e Finlândia, nas quais existe claramente a evidência de que a educação sexual posterga a iniciação sexual dos jovens; destacou também um programa de saúde sexual on line destinado a imigrantes e refugiados na Alemanha. Salientou ainda que a educação sexual pode ser iniciada já nos primeiros anos escolares com introdução de conceitos como respeito, cuidados com o corpo, privacidade, raças e amor até a introdução de outros assuntos na adolescência para além da dimensão biológica já classicamente introduzida pelos professores, tais como gênero e orientação sexual, por exemplo.

Dra. Alessandra Diehl, psiquiatra e sexóloga do Instituto Bairral, com os demais partipantes da mesa redonda que representou a Sbrash na WAS 2017.

Dra. Alessandra Diehl, psiquiatra e sexóloga do Instituto Bairral, com os demais partipantes da mesa redonda que representou a Sbrash na WAS 2017.

Curso de Capacitação em Reabilitação Cognitiva Funcional para Terapeutas Ocupacionais

Nos dias 26 e 27 de maio foi realizado o primeiro encontro do Curso de Capacitação em Reabilitação Cognitiva Funcional para Terapeutas Ocupacionais. Essa capacitação terá duração de 1 ano, compreendendo 12 encontros que se darão em uma sexta-feira e um sábado ao mês, e será ministrado pela terapeuta ocupacional Alexandra Martini de Oliveira, que é graduada em Terapia Ocupacional pela Universidade de São Paulo, tem mestrado em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e é doutoranda em Psiquiatria também pela FMUSP.

Esse curso tem por objetivo oferecer conteúdo teórico e experiência prática para uso de instrumentos de avaliação e métodos de intervenção dentro de uma abordagem cognitiva funcional, criar a cultura do uso de evidências científicas na prática clínica e oferecer noções básicas para a gestão de dados, resultados e indicadores.

Terapeutas Ocupacionais do Instituto Bairral e a T. O. que irá ministrar a capacitação, Alexandra Martini de Oliveira.

Terapeutas Ocupacionais do Instituto Bairral e a T. O. que irá ministrar a capacitação, Alexandra Martini de Oliveira.

Alexandra Martini de Oliveira e a coordenadora do setor de T. O., Salete.

Alexandra Martini de Oliveira e a coordenadora do setor de T. O., Salete.

CIDIA promove palestras

O CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência, mais uma frente de trabalho do Instituto Bairral de Psiquiatria, está promovendo um ciclo de palestras com temas voltados para as áreas de sua atuação. Essas palestras ocorrem toda segunda segunda-feira de cada mês, no horário das 18h30 às 20h00, e são ministradas por especialistas das mais diversas áreas que compreendem o universo da infância e adolescência. As inscrições são gratuitas.

Neste ano de 2017 já aconteceram três palestras. A primeira foi realizada no dia 13 de março, abordando o tema “Identificação e intervenção precoce em Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)”, pronunciada pela psicóloga Tatiane Ribeiro, graduada pela Universidade Mackenzie, que é analista do comportamento, especialista em ABA (Análise do Comportamento Aplicada) e mestre em ciências pelo Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da UNIFESP; atualmente é pesquisadora do Serviço de Diagnóstico e Intervenção Precoce do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da USP e coordena uma das mais renomadas equipes de ABA de São Paulo.

A segunda, em 10 de abril, versou sobre “Tratamentos disponíveis para os Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)”, e teve como palestrante a Prof.ª Dra. Ana Soledade Graeff Martins, que é Chefe do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (RS).

A terceira palestra abordou o tema “Suicídio na adolescência” e foi apresentada pelo Dr. Caio Pereira Cortes em 8 de maio. Ele é médico psiquiatra e preceptor da residência médica em Psiquiatria da Infância e Adolescência da Faculdade de Medicina da USP.

Dra. Tais Moriyama, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral e responsável pelo CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência realizou a abertura do Ciclo de Palestras 2017.

Dra. Tais Moriyama, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral e responsável pelo CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência, realizou a abertura do Ciclo de Palestras 2017.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas

O Instituto Bairral de Psiquiatria, em seus quase oitenta anos, sempre esteve na vanguarda de seu segmento. Entendemos que a capacitação de nossos profissionais, juntamente com as avançadas técnicas de assistência à saúde mental, sempre foi fundamental no nosso crescimento e longevidade. Nossa competência, acumulada ao longo desse tempo, não nos faz acomodar. Ao contrário, buscamos constantemente a inovação. É nessa linha de pensamento que nos dias 17, 18 e 19 de abril realizamos o XVI Ciclo de Atualização Profissional, com o tema “Urgências Psiquiátricas”. Na ocasião, recebemos o enfermeiro José Gilberto Prates, da Faculdade de Medicina da USP, especialista com vasta experiência em relação ao assunto. Em parceria com médicos de nosso corpo clínico, ele desenvolveu capacitação para auxiliares e técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos e médicos residentes de nosso hospital, habilitando-os a manejar situações de emergências psiquiátricas.  Com a convicção de que iniciativas como essa são essenciais em nossa atividade, outras capacitações já estão sendo programadas, sempre em busca de garantir a melhor qualidade nos cuidados oferecidos aos pacientes.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

XVI Ciclo de Atualização em Urgências Psiquiátricas.

O enfermeiro José Gilberto Prates, da Faculdade de Medicina da USP e o Coordenador do Setor de Enfermagem do Instituto Bairral, enfermeiro José Alex Vicente.

O enfermeiro José Gilberto Prates, da Faculdade de Medicina da USP e o Coordenador do Setor de Enfermagem do Instituto Bairral, enfermeiro José Alex Vicente.

Tratamento da depressão bipolar

O Dr. Alberto Del Porto, psiquiatra, professor titular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), esteve no Instituto Bairral para falar sobre o tratamento medicamentoso da depressão bipolar no encontro mensal do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), em evento que teve o apoio da indústria farmacêutica Daichii Sanchio. O palestrante abordou os principais guidelines internacionais (Canadá e Florida) que recomendam uma série de medicamentos que já foram avaliados de forma mais sistemática e possuem maior evidência científica para formular recomendações para a prática clínica do psiquiatra que lida em seu dia-a-dia com esta doença que afeta cerca de 3% a 4% da população mundial e causa muitos danos e prejuízos pessoais, laborais e familiares aos seus portadores. Destaque para a medicação lurasidona, ainda não lançada no Brasil (aguarda aprovação das agências regulatórias nacionais) e que já vem sendo avaliada pelos especialistas de outros países como mais uma alternativa importante no arsenal medicamentoso para tratar a depressão bipolar, com vantagens sobre o perfil de efeitos colaterais, com menor ganho de peso e menos distúrbios metabólicos que outros antipsicóticos disponíveis no mercado atualmente. A diretoria do Cepab agradece ao Dr. Del Porto pela rica oportunidade em partilhar seus vastos conhecimentos sobre o tema e à Daichii Sanchio pela oportunidade em facilitar e intermediar a vinda do renomado professor à nossa instituição.

Dr. Alberto Del Porto, psiquiatra, professor titular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), esteve no Instituto Bairral para falar no encontro mensal do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab).

Dr. Alberto Del Porto, psiquiatra, professor titular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), esteve no Instituto Bairral para falar no encontro mensal do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab).