Arquivo

Bandeira Amarela é Campeã da XL Olimpíada do Instituto Bairral

O ano de 2015 marcou a 40ª edição da Olimpíada do Instituto Bairral de Psiquiatria. Há 40 anos a competição mobiliza os diversos setores do hospital com um clima muito agradável de amizade, companheirismo e interação social entre os pacientes.

A abertura, realizada em 19 de novembro, contou com o cerimonial oficial, além da apresentação de dança dos setores. Durante toda a semana várias atividades agitaram a competição, como o tradicional futebol, bingo, ginástica básica, jogo da memória, dança da cadeira e batata quente, entre outros. Infelizmente a chuva impediu a realização de algumas atividades, como o voleibol e a queimada.

A cerimônia de encerramento foi abrilhantada pela apresentação da fanfarra da Escola Estadual Elvira Santos de Oliveira, que é composta por alunos do ensino fundamental e médio. Ao final, houve a divulgação dos resultados, e com 103,5 pontos a bandeira Amarela sagrou-se campeã, seguida das bandeiras Azul (91 pontos), Verde (90 pontos) e Vermelha (87,5 pontos).

Destaca-se sempre que esse tipo de atividade mobiliza muito positivamente os pacientes, ajudando-os a exercitar o espírito de equipe, de respeito ao próximo, de comprometimento e dedicação, favorecendo seu bem-estar físico e mental.

Equipe Organizadora presente nas 40ª Olimpidas do Instituto Bairral.

Equipe Organizadora presente nas 40ª Olimpíadas do Instituto Bairral.

Pira Olimpica do 40ª Jogos Olimpidas do Instituto Bairral.

Pira Olímpica do 40ª Jogos Olimpíadas do Instituto Bairral.

Hasteamento das bandeiras e bandeira olímpica.

Hasteamento das bandeiras e bandeira olímpica.

Bairral presente no VII Fórum Sobre Drogas do Estado do Piauí

“Dependência Química – Superar em Família”: esta foi a temática central do VII Fórum Sobre Drogas do Estado do Piauí. Realizado nos dias 19 e 20 de novembro, na cidade de Teresina, teve a presença de aproximadamente 700 inscritos.

Na abertura do evento estavam presentes a Vice-Governadora do Estado do Piauí, Dra. Margarete de Castro Coelho, e o Secretário Geral da Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça), Dr. Luís Guilherme Mendes de Paiva, que pronunciou a palestra inaugural abordando o tema “Desafios e Perspectivas da Política Nacional Sobre Drogas”. Também foram palestrantes: Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (mantida pelo Instituto Bairral), que falou sobre “Dependência Química – Superar em Família”; Rolf Hatmann, Presidente da Cruz Azul no Brasil, que discorreu sobre “O papel da família nos grupos de mútua ajuda”; e a Profª Dra. Lúcia Cristina Rosa, cuja fala enfocou o tema “Abordagem da família no contexto de consumo de SPA”. Em seguida teve lugar um painel com o tema “Política Sobre Drogas – Ações nos Estados no apoio aos familiares”, do qual participaram o Dr. Sâmio Falcão, Coordenador de Politicas sobre Drogas do Estado do Piauí, Cloves Benevides, Subsecretário de Políticas sobre Drogas do Estado do Alagoas, e Egon Schütler, Secretário Geral da Confenact – Confederação Nacional de Comunidades Terapêuticas. Encerrando o conclave, Nivaldo José Caliman, Diretor Superintendente do Instituto Bairral de Psiquiatria, trouxe o tema “A Comunidade Terapêutica e o Instituto Bairral de Psiquiatria”, e a Sra. Ana Martins Godoy, Coordenadora Nacional da Pastoral da Sobriedade e Presidente da FNCTC – Federação Nacional da Comunidades Terapêuticas Católicas,  apresentou o tema “Co-dependência”.

O VII Fórum Sobre Drogas do Estado do Piauí foi uma realização da Fazenda da Paz, entidade local que mantém seis comunidades terapêuticas (“Terra da Esperança”, “Flor de Maria”, “Luz e Vida”, “Santa Terezinha”, “Maria Madalena” e “Mãe de Misericórdia”) e é presidida e coordenada por Célio Luiz Barbosa. A Fazenda da Paz mantém ainda um Centro de Apoio às Famílias, um Centro de Formação Profissional, um Centro Educacional e administra o Restaurante Popular de Teresina, eleito em 2015 como o melhor restaurante popular do Brasil.

Participantes do VII Fórum sobre "Dependência Química - Superar em Família" no estado do Piauí.

Participantes do VII Fórum sobre “Dependência Química – Superar em Família” no estado do Piauí.

Palestrantes Maurício Landre (Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota)

Palestrantes Maurício Landre (Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota)

Encerrando o conclave, Nivaldo José Caliman (Diretor Superintendente do Instituto Bairral de Psiquiatria)

Encerrando o conclave, Nivaldo José Caliman (Diretor Superintendente do Instituto Bairral de Psiquiatria)

Alunos do Curso Técnico de Enfermagem de Mogi Guaçu Visitam o Bairral

No dia 30 de novembro tivemos em nosso hospital a visita de alunos do curso de Técnico de Enfermagem, de docentes e da Coordenadora da unidade do Senac de Mogi Guaçu (SP).

A comitiva foi dividida em duas turmas, uma pela manhã e outra no período da tarde, que foram acompanhadas pela Supervisora de Enfermagem Tamara S. Rogato Bayod e pela Enfermeira Beatriz Juliana Zancheta, respectivamente.

A visita constituiu um instrumento pedagógico eficaz para os alunos, pois lhes proporcionou a oportunidade de conhecer a rotina de um hospital psiquiátrico, a importância da enfermagem no processo de recuperação do paciente, os tipos de tratamento oferecidos e o modo de funcionamento da sistematização da enfermagem, entre outros aspectos.

Conheceram também uma parte da área física do hospital, passando pela Farmácia e depois pela unidade externa Estância, na qual presenciaram uma explanação sobre a rotina desse setor, feita pela Enfermeira Roberta Inácio do Couto Rossi.

A visita encerrou-se no Setor de RH, onde os visitantes receberam informações por escrito a respeito do Instituto Bairral.

Visita de Alunos de Psicologia ao Instituto Bairral

No dia 13 de novembro o Setor de Psicologia do Instituto Bairral de Psiquiatria recebeu a visita de 18 alunos do curso de Psicologia da Unifabibe – Centro Universitário, da cidade de Bebedouro (SP), juntamente com o professor da disciplina de Psicopatologia. Os visitantes foram recebidos por Marina Caversan Oliveira de Souza, Coordenadora de Psicologia do Instituto Bairral, no período da manhã, e à tarde pela psicóloga Camila Guimarães Mistro. O objetivo de visitas como esta é poder proporcionar ao aluno uma visão mais próxima da realidade sobre como é o trabalho e quais as funções do psicólogo dentro da instituição psiquiátrica, além de informar quais os programas de tratamento existentes para os mais diversos perfis diagnósticos. Na oportunidade, muitas dúvidas puderam ser esclarecidas a respeito da atuação do psicólogo, tendo sido também possível reforçar a importância do trabalho multidisciplinar, sempre visando ao bem-estar e à qualidade de vida dos pacientes. O grupo de alunos iniciou sua visita ao Instituto Bairral às 9h00 e permaneceu no hospital até 15h30, período este em que conheceram as alas externas (destinada a pacientes particulares e de convênios) e o Prédio Central (serviço SUS) da instituição.

Visita dos alunos do curso de Psicologia da Unifabibe – Centro Universitário, da cidade de Bebedouro (SP).

Visita dos alunos do curso de Psicologia da Unifabibe – Centro Universitário, da cidade de Bebedouro (SP).

Congresso da ABP: Bairral presente na Seção Pôster

Vários profissionais do Instituto Bairral de Psiquiatria estiveram presentes no XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria, organizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e realizado em Florianópolis (SC) entre os dias 4 e 7 de novembro, conforme já postamos neste blog em 26 de novembro. O evento contou com cerca de 7.000 participantes e caracterizou-se, sobretudo, pelo alto nível científico das palestras.

No dia 6 de novembro a terapeuta ocupacional Aline Coraça Trevelin apresentou na Seção Pôster daquele evento o trabalho que vem sendo desenvolvido no setor de Dependência Química do Prédio Central (setor SUS) do Instituto Bairral. Esse trabalho foi elaborado por Aline juntamente com a terapeuta ocupacional Juliana Cristina dos Santos Ribeiro.

O pôster produzido pelas duas profissionais busca demonstrar uma proposta de desenvolvimento da prática clinica da Terapia Ocupacional com pacientes dependentes de drogas ilícitas, focada principalmente no adoecimento ocupacional vivido por esses indivíduos, usando como base a teoria dos Estágios Motivacionais.

Por meio dessa referência, o grupo é conduzido considerando a necessidade demonstrada durante quatro fases: pré-contemplação, contemplação, ação e manutenção. A proposta abrange cerca de 80 pacientes internados de forma predominantemente voluntária em hospital psiquiátrico por um período médio de 60 dias.

Pretende-se que, durante esse período, ao alcançar as quatro fases, o paciente esteja preparado para a alta e com um planejamento de sua rotina extra-hospitalar, a qual visará à continuidade em serviços da rede como Caps AD, grupos de ajuda mútua, república, etc.

A reestruturação da vida ocupacional, de acordo com as demandas do indivíduo, é uma das principais metas do trabalho, visto que, além de constituir um indicativo de saúde, auxiliará como um fator de promoção e proteção da saúde do paciente após sua alta médica.

O número crescente de usuários de substâncias psiquicamente ativas e o consequente impacto na saúde e na esfera social nos levam a buscar estratégias de atendimento em saúde que tenham como objetivo alcançar a complexa demanda de tais pacientes.

Aline Coraça Trevelin (Terapeuta Ocupacional) e Juliana Cristina dos Santos. Ribeiro (Terapeuta Ocupacional), presente no Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Aline Coraça Trevelin (Terapeuta Ocupacional) e Juliana Cristina dos Santos. Ribeiro (Terapeuta Ocupacional), presente no Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Página 30 de 124« First...1020...2829303132...405060...Last »