Arquivo

Posts Tagged ‘comunidade terapêutica’

Simpósio: “Um Caminho Chamado Comunidade Terapêutica”

Em 30 de maio p.p. o auditório do hospital foi palco do XXVI Simpósio do Instituto Bairral de Psiquiatria. O tema do encontro foi “Um caminho chamado comunidade terapêutica”. Foram pronunciadas as seguintes palestras:

  • “Compreendendo o conceito de comunidade terapêutica”, pela psicóloga Laura Fracasso, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutoranda em Psiquiatria pela Unifesp e gestora técnica dos programas de tratamento em Comunidade Terapêutica do Instituto Padre Haroldo de 1995 a 2011.
  • “A história da Comunidade Terapêutica no Brasil”, pelo padre Haroldo Joseph Rahm, mestre em Filosofia pela Universidade de Saint Louis e em Teologia pela Universidade Loyola de New Orleans, ambas nos EUA, fundador da Comunidade Terapêutica “Fazenda do Senhor Jesus”, em Campinas (SP) e co-fundador da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas, da Federação Latino-Americana de Comunidades Terapêuticas e da Febract – Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas.
  • “A Comunidade Terapêutica na política pública sobre drogas”, pelo Dr. Vítore André Zílio Maximiano, Procurador de Justiça do Estado de São Paulo e atual Secretário Nacional da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça.
  • “A Comunidade Terapêutica e a transdisciplinaridade”, por Maurício Landre, assistente social, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutorando em Psiquiatria pela Unifesp e coordenador técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.
  • “A Comunidade Terapêutica e a espiritualidade”, pela Dra. Zila van der Meer Sanchez, docente do Departamento de Medicina Preventiva da Unifesp, doutora em ciências pela Unifesp com pós-doutorado na Michigan State University dos EUA e orientadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifesp.
  • “A Comunidade Terapêutica e a ciência”, pelo Dr. Marcelo Ribeiro de Araújo, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutor em Ciências pelo Departamento de Psiquiatria da Unifesp, Diretor de Ensino e Coordenador do Curso de Especialização em Dependência Química da Unifesp-Uniad.

Estiveram presentes 609 pessoas de diversas categorias profissionais do ramo médico e áreas correlatas, além de uma significativa parcela de professores e estudantes.

Foi um evento bastante rico e que conseguiu atingir seu objetivo de mostrar como o trabalho realmente sério e engajado de uma Comunidade Terapêutica consegue ótimos resultados no tratamento da dependência química.

Abertura do XXVI Simpósio com Dr. Marcelo Ortiz.

Abertura do XXVI Simpósio com Dr. Marcelo Ortiz.

Participantes do XXVI Simpósio com o tema “Um caminho chamado comunidade terapêutica”

Participantes do XXVI Simpósio com o tema “Um caminho chamado comunidade terapêutica”

Participantes do XXVI Simpósio com o tema “Um caminho chamado comunidade terapêutica”

Participantes do XXVI Simpósio com o tema “Um caminho chamado comunidade terapêutica”

Primeira palestra ministrada pela psicóloga Laura Fracasso, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad.

Primeira palestra ministrada pela psicóloga Laura Fracasso, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad.

Segunda Palestra ministrada pelo padre Haroldo Joseph Rahm, mestre em Filosofia pela Universidade de Saint Louis e em Teologia pela Universidade Loyola de New Orleans, ambas nos EUA, fundador da Comunidade Terapêutica “Fazenda do Senhor Jesus”, em Campinas (SP).

Segunda Palestra ministrada pelo padre Haroldo Joseph Rahm, mestre em Filosofia pela Universidade de Saint Louis e em Teologia pela Universidade Loyola de New Orleans, ambas nos EUA, fundador da Comunidade Terapêutica “Fazenda do Senhor Jesus”, em Campinas (SP).

Terceira palestra ministrada pelo Dr. Vítore André Zílio Maximiano, Procurador de Justiça do Estado de São Paulo e atual Secretário Nacional da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça.

Terceira palestra ministrada pelo Dr. Vítore André Zílio Maximiano, Procurador de Justiça do Estado de São Paulo e atual Secretário Nacional da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça.

Quarta palestra ministrada por Maurício Landre, assistente social, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutorando em Psiquiatria pela Unifesp e coordenador técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Quarta palestra ministrada por Maurício Landre, assistente social, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutorando em Psiquiatria pela Unifesp e coordenador técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Quinta palestra ministrada pela Dra. Zila van der Meer Sanchez, docente do Departamento de Medicina Preventiva da Unifesp, doutora em ciências pela Unifesp com pós-doutorado na Michigan State University dos EUA e orientadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifesp.

Quinta palestra ministrada pela Dra. Zila van der Meer Sanchez, docente do Departamento de Medicina Preventiva da Unifesp, doutora em ciências pela Unifesp com pós-doutorado na Michigan State University dos EUA e orientadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifesp.

Sexta palestra ministrada pelo Dr. Marcelo Ribeiro de Araújo, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutor em Ciências pelo Departamento de Psiquiatria da Unifesp, Diretor de Ensino e Coordenador do Curso de Especialização em Dependência Química da Unifesp-Uniad.

Sexta palestra ministrada pelo Dr. Marcelo Ribeiro de Araújo, especialista em dependência química pela Unifesp-Uniad, doutor em Ciências pelo Departamento de Psiquiatria da Unifesp, Diretor de Ensino e Coordenador do Curso de Especialização em Dependência Química da Unifesp-Uniad.

XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Nos dias 16 e 17 de abril o Instituto Bairral de Psiquiatria promoveu o XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem. Desta feita, o evento foi realizado na Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota, e o seu tema central foi “Cuidar de quem cuida”.

No encontro foi ressaltada a necessidade do auto-cuidado para se prestar uma assistência de enfermagem de qualidade, o olhar para si antes de olhar para o outro. Dinâmicas de grupo fizeram parte das atividades buscando trabalhar as emoções e as relações interpessoais, pontos cruciais em nossas vidas.

O evento teve como facilitadores Maurício Landre e Marco Antônio Magalhães, respectivamente Coordenador Técnico e Conselheiro Sênior da CT Santa Carlota.

No primeiro dia registrou-se a participação de 109 funcionários, e no segundo de 100, entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e cuidadores.

O XIV Ciclo constituiu uma experiência diferente para os funcionários participantes, os quais puderam vivenciar alguns minutos de reflexão sobre si e, consequentemente, sobre os outros.

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no  XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no  XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no  XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Equipe de enfermagem do Instituto Bairral, presente no XIV Ciclo de Atualização em Enfermagem

Palestra sobre Preparação para o Mercado de Trabalho na Unidade Avançada da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota

No dia 18 de março a Coordenadora de Recursos Humanos do Instituto Bairral de Psiquiatria Maria Stella Nóris Junqueira Mistro proferiu uma palestra sobre o tema “Preparação para o mercado de trabalho” para os residentes da Unidade Avançada da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota. Sua exposição foi presenciada 20 residentes e teve como intuito auxiliá-los no processo de reinserção no mercado de trabalho, já que estão no momento de reinserção social. Foram abordados os seguintes tópicos: as mudanças no mercado de trabalho, a era industrial e a era do conhecimento, a globalização, como o mercado de trabalho se apresenta, as exigências atuais, competências esperadas, como o candidato deve se apresentar ao mercado, como fazer um currículo, como se preparar e se portar em um processo seletivo.

O evento mostrou-se muito produtivo e de muita interação, possibilitando aos participantes repensar posturas e comportamentos que hoje são considerados muito importantes no mercado de trabalho.

Curso de Capacitação do “Programa Recomeço”

Nos dias 24 e 25 de abril Aline Bosso Tagliatti, Silvana Cristina Puggina Guilherme, Vanessa Aparecida Momesso e Wanessa Maria Oliveira, assistentes sociais do Instituto Bairral de Psiquiatria, e os funcionários da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota Larissa Melo (assistente social), Juliana Marques Florencio (enfermeira) e Daniel José Olympio (conselheiro) participaram do curso “Capacitação de agentes multiplicadores: intervenções breves para usuários de risco de drogas psicotrópicas”, realizado no Centro de Educação Continuada do Instituto Bairral. A iniciativa do curso é do Governo do Estado de São Paulo, que, cumprindo a missão geral de promover direitos humanos e cidadania, bem como estimular ações de saúde pública, criou, em 2011, a Coordenação de Políticas sobre Drogas (Coed) na Secretaria da Justiça e da Cidadania, cuja atribuição é articular ações para estimular as políticas sobre drogas no território paulista. Uma das prioridades do governo em relação ao problema de drogadição é a oferta de tratamento a dependentes químicos e familiares. Para isso lançou, no inicio de 2013, o “Programa Recomeço”, que tem como objetivo, em benefício dos drogaditos, a execução de ações de prevenção, tratamento, reabilitação, acolhimento institucional, reinserção social, acesso à Justiça, redução de situações de vulnerabilidade social e de saúde. O programa é executado por meio de trabalho integrado envolvendo secretarias estaduais, administração direta e indireta, municípios, Poder Judiciário e grupos de mútua ajuda. Uma das primeiras ações do “Programa Recomeço” é a capacitação de agentes multiplicadores sobre intervenção breve, focando os municípios com menos de 50 mil habitantes de 11 Regiões Administrativas do Estado de São Paulo. Esse modelo de intervenção visa a identificar os problemas potenciais decorrentes do uso de álcool e/ou outras drogas e motivar as pessoas a mudarem o comportamento. Conforme a Organização Mundial de Saúde, as intervenções breves têm–se mostrado efetivas e cada vez mais valiosas no gerenciamento de indivíduos que apresentam comportamento de uso nocivo de álcool e/ou outras drogas. Essa atividade preenche uma lacuna existente entre a atenção primária à saúde e os tratamentos especializados, além de ser importante no encaminhamento dos pacientes para o tratamento. A intervenção breve pode ser útil também para profissionais como assistentes sociais, conselheiros do sistema judiciário, profissionais de saúde mental ou qualquer outro profissional que lide com pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e/ou outras drogas.

Funcionários da Comunidade Terapêutica Santa Carlota e do Instituto Bairral presentes no curso.

Funcionários da Comunidade Terapêutica Santa Carlota e do Instituto Bairral presentes no curso.

Participantes do curso de capacitação do “Programa Recomeço”.

Participantes do curso de capacitação do “Programa Recomeço”.

I Simpósio “Conversando sobre Internação Psiquiátrica e Dependência Química”

No dia 15 de março foi realizado no anfiteatro do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo (SP), o I Simpósio “Conversando sobre Internação Psiquiátrica e Dependência Química”.

Um grupo de funcionários do Instituto Bairral participou do evento: as assistentes sociais Ana Lívia e Wanessa Maria, do próprio hospital, e a psicóloga Maísa, a secretária Aline e os conselheiros Ulisses, Rubens, Ivair, Ricardo e Bruno, todos da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Importante destacar que o Coordenador da CT Santa Carlota, Maurício Landre, foi um dos palestrantes do simpósio, apresentando o Modelo de Comunidade Terapêutica nela adotado.

Durante o evento foram discutidas questões como quando há indicação para internação, manejo de enfermagem no contexto da internação psiquiátrica para dependentes químicos, atividade física para dependentes químicos, família e sociedade, legislação, dentre outros.

Grupo de funcionários do Instituto Bairral participando do evento.

Grupo de funcionários do Instituto Bairral participando do evento.

Coordenador da Comunidade Terapêutica Santa Carlota, Maurício Landre.

Coordenador da Comunidade Terapêutica Santa Carlota, Maurício Landre.