Arquivo

Posts Tagged ‘congresso’

23.° Congresso da World Sexual Health Association (WAS) 2017

A Dra. Alessandra Diehl, preceptora da residência médica em psiquiatria do Instituto Bairral e atual presidente do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), foi uma das palestrantes no 23.° Congresso da World Sexual Health Association (WAS), evento realizado em Praga, capital da República Checa, entre 28 e 31 de maio. Ela conta que a atividade da qual participou foi um dos simpósios da Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana (Sbrash) a convite do seu presidente, o psicólogo Itor Finotelli Júnior. A Dra. Alessandra esteve lá para falar sobre os dados inéditos de um estudo epidemiológico populacional brasileiro a respeito do uso de substâncias e violência entre as minorias sexuais do Brasil. Os dados revelam que entre as minorias sexuais brasileiras a violência começa cedo na vida e persiste durante a fase adulta; acredita-se que estas sejam algumas das vulnerabilidades que podem justificar a maior probabilidade de uso de determinadas drogas desta população.

A Dra. Alessandra contou que o congresso reuniu cerca de 700 especialistas do mundo todo de áreas afins bastante variadas, tais como a clínica, educação, pesquisa e advocacy em saúde sexual e sexualidade, sendo que o Brasil teve a segunda maior delegação, com 45 participantes nesta edição do conclave. Estiveram presentes colegas do Projeto Afrodite da Unifesp, do Protig do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, a diretoria da Sbrash e membros da equipe do grupo de pesquisa em sexualidade CNPQ da Unisal, do qual a Dra. Alessandra também faz parte, entre outros.

Dentre os temas que mais a encantaram, apontou as experiências bem sucedidas de educação sexual nas escolas da Suécia e Finlândia, nas quais existe claramente a evidência de que a educação sexual posterga a iniciação sexual dos jovens; destacou também um programa de saúde sexual on line destinado a imigrantes e refugiados na Alemanha. Salientou ainda que a educação sexual pode ser iniciada já nos primeiros anos escolares com introdução de conceitos como respeito, cuidados com o corpo, privacidade, raças e amor até a introdução de outros assuntos na adolescência para além da dimensão biológica já classicamente introduzida pelos professores, tais como gênero e orientação sexual, por exemplo.

Dra. Alessandra Diehl, psiquiatra e sexóloga do Instituto Bairral, com os demais partipantes da mesa redonda que representou a Sbrash na WAS 2017.

Dra. Alessandra Diehl, psiquiatra e sexóloga do Instituto Bairral, com os demais partipantes da mesa redonda que representou a Sbrash na WAS 2017.

Profissionais do Instituto Bairral presentes no Freemind 2016

Diversos profissionais do Instituto Bairral, dentre eles psicólogas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, conselheiros e médicos, participaram do 4.º Congresso Internacional Freemind, ocorrido entre os dias 7 e 11 de dezembro no Expo Dom Pedro, em Campinas (SP).
O tema deste ano foi “Drogas – Por um mundo melhor, vamos tocar nesse assunto”, e o objetivo foi propor o envolvimento e a reflexão de toda sociedade para debater esse tema difícil, porém, de fundamental importância.
Durante o Congresso Freemind os participantes do Bairral tiveram a oportunidade de presenciar palestras e mesas de discussões com diversos temas envolvendo a dependência química, englobando assuntos como prevenção, família, tratamentos e políticas públicas, entre outros.
A presença nesse conclave foi de grande valia para os profissionais e contribuirá para a atuação dos mesmos dentro de suas equipes e com os pacientes atendidos. Também ensejou repensar a realidade dos pacientes de uma maneira ampla e conhecer melhor a rede de saúde externa, tendo constituído uma grande oportunidade para aprimorar formas de atuação e perceber que o nosso trabalho com dependentes químicos segue os preceitos explanados por diversos palestrantes e entidades.

Diversos profissionais do Instituto Bairral, dentre eles psicólogas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, conselheiros e médicos, participaram do 4.º Congresso Internacional Freemind.

Diversos profissionais do Instituto Bairral, dentre eles psicólogas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, conselheiros e médicos, participaram do 4.º Congresso Internacional Freemind.

Prêmio de mostra competitiva de vídeos no Congresso Brasileiro de Psiquiatria de 2016 é novamente do Bairral

Pelo segundo ano consecutivo os médicos-residentes de psiquiatria do Instituto Bairral do segundo ano de residência levaram o primeiro lugar na mostra competitiva de vídeos no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria promovido pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) em São Paulo (SP), de 16 a 19 de novembro de 2016. O vídeo vencedor foi elaborado pelos R2 Drs. Maria Elisa Bezerra, Paulo Roberto Santana, Flávio Henrique de Simioni, Luana Martinez, Alfredo Piacentin e Leonardo Afonso dos Santos, sob o incentivo e supervisão da Dra. Alessandra Diehl (médica psiquiatra e preceptora da residência em psiquiatria do Instituto Bairral). Trata-se de um documentário de pouco menos de 20 minutos intitulado “Destinos Incertos”, no qual é retratada uma realidade nacional infelizmente bastante comum nos últimos 20 anos com o fechamento compulsório de leitos de hospitais psiquiátricos públicos no Brasil. O documentário faz um paralelo com a história da assistência psiquiátrica no mundo e em nosso país, assim como, de forma bastante didática, explicita o que a Lei 10.216 é de fato e o que ela não é na prática. Contribuíram com a participação de imagem no documentário o Dr. Agenor Pares de Lima, Diretor der Relações Externas do Instituto Bairral, que falou sobre a necessidade do trabalho em rede e na manutenção de bons leitos psiquiátricos, o Dr. Sérgio Tamai, sobre o efeito colateral do fechamento de leitos psiquiátricos, e o Dr. Rafael Lopes sobre a Lei 10.216 como um marco regulatório no cenário da psiquiatria. A comissão julgadora da mostra de vídeo do congresso destacou que o documentário vencedor poderia servir de modelo para as outras residências médicas do Brasil, uma vez que conseguiu, de forma bastante didática e resumida, retratar esse tema, que precisa chegar ao conhecimento de todos os médicos psiquiatras em formação do nosso país.

Dr. Marcelo Ortiz, Dra. Alessandra Diehl, Dr. Marcelo Adelino, Dr. Milan Mitrovich, Dr. Elton Rezende, Dr. Elias Ajub Neto, Dr. Lucas Passos Theodoro , Dr. Rafael Lopes, Dr. Oscar Rudge Taylor de Brito, Dr. Fernado Zezza, Dra. Mirelle Rezende entre os residentes do primeiro, segundo e terceiro ano no Bairral.

Dr. Marcelo Ortiz, Dra. Alessandra Diehl, Dr. Marcelo Adelino, Dr. Milan Mitrovich, Dr. Elton Rezende, Dr. Elias Ajub Neto, Dr. Lucas Passos Theodoro , Dr. Rafael Lopes, Dr. Oscar Rudge Taylor de Brito, Dr. Fernado Zezza, Dra. Mirelle Rezende entre os residentes do primeiro, segundo e terceiro ano no Bairral.

Dra. Alessandra Diehl ( preceptora da residência médica me psiquiatria do Bairral) e a Dra. Maria Elisa Bezerra ( Residente do segundo ano do Bairral) segurando o prêmio recebido.

Dra. Alessandra Diehl ( preceptora da residência médica me psiquiatria do Bairral) e a Dra. Maria Elisa Bezerra ( Residente do segundo ano do Bairral) segurando o prêmio recebido.

O que é que eu vi no CBP ouro!

O XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria (CBP), que ocorreu entre os dias 16 a 19 de novembro em São Paulo (SP), no Expo Center Transamérica, foi organizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), a qual neste ano está orgulhosamente comemorando 50 anos de sua fundação. Os médicos psiquiatras do Instituto Bairral de Psiquiatria e do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), uma das federadas paulistas da ABP, estiveram em sua maioria presentes neste ano. O congresso reuniu mais de 5 mil médicos de todo o Brasil e da América Latina, além de outros convidados internacionais de vários locais do mundo, e foi cognominado CBP Gold por sua importância e pelo seu caráter comemorativo.

Quando perguntado aos psiquiatras do Instituto Bairral o que eles viram de mais interessante neste evento, eles foram unânimes em dizer que foi dificil escolher apenas uma atividade científica para presenciar, uma vez que várias atividades igualmente de alto nível estavam ocorrendo simultaneamente. Seguem algumas impressões:

O Dr. Milan Mitrovich (psiquiatra e preceptor da residência médica do 2.° Andar da Seção Masculina – Prédio Central – do Bairral) fala que gostou das palestras sobre autismo e entusiasmou-se com o avanço das intervenções psicossociais nessa área.

A Dra. Alessandra Diehl (psiquiatra e preceptora do 4.° Andar da Seção Feminina) disse que o que mais gostou foi ter assistido à palestra do Dr. Benício Frey sobre os fármacos durante a gestação e puerpério, tendo feito o seguinte comentário: “Pude atualizar algumas evidências cinetíficas mais recentes sobre este delicado tema, e, sobretudo, a palestra me deu embasameto para mudar a minha prática com mais segurança.”

O Dr. Paulo Roberto Santana (médico-residente R2 do Bairral) conta que priorizou as palestras sobre políticas públicas em saúde mental. Ficou algo surpreso quando soube que o Ministério da Saúde, na sua area de atuação em saúde mental, encontra-se há mais de 6 meses sem um psiquiatra em sua Câmara Técnica. Ele acredita que a “propaganda antipsiquiatria” não seja apenas um fenômemo nacional, mas com dimensões semelhantes também em outros lugares do mundo, como apontado pela atual presidente da Associação Americana de Psiquaitria (APA), Dra. Maria Oquendo.

A Dra. Nathalia Saldanha (R1 do Bairral) menciona com alegria as palestras sobre cinema que assistiu, principalmente uma delas sobre “Medical Humanities”, na qual o palestrante falou sobre a vida, obra e sintomas de Vincent Van Gogh.

A Dra. Maria Elisa Bezerra (R2 do Bairral) comentou as atualizações no tocante ao transtorno afetivo bipolar. O Dr. Alfredo Piacentin (R2 do Bairral) gostou muito das palestras sobre o tratamento da insônia; a Dra. Érica Maia (R3 do Bairral) apreciou bastante os temas de psicoterapia; e a Dra. Luana Martinez (R2 do Bairral) esteve aproveitando as palestras sobre psicogeriatria.

Todos mencionaram que o CBP Gold vai deixar saudade. Até 2017!

Na foto: os psiquiatras Dra. Alessandra Diehl e Dr. Rafael Lopes e os residentes de psiquiatria Dr. Paulo Santana, Dra. Maria Elisa Bezerra, Dra. Nathalia Saldanha, Dra. Larissa Fusco, Dra. Luana Martinez, Dra. Erica Maia, Dr. Roger Lovera, Dr. Rafael Manrique, Dr. Iuri Barbieri e Dra. Nicole Nunes.

Na foto: os psiquiatras Dra. Alessandra Diehl e Dr. Rafael Lopes e os residentes de psiquiatria Dr. Paulo Santana, Dra. Maria Elisa Bezerra, Dra. Nathalia Saldanha, Dra. Larissa Fusco, Dra. Luana Martinez, Dra. Erica Maia, Dr. Roger Lovera, Dr. Rafael Manrique, Dr. Iuri Barbieri e Dra. Nicole Nunes.

XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria Instituto Bairral – Presença e Sucesso

São Paulo sediou o XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria no período de 16 a 19 de novembro. Este ano o evento aconteceu no Transamérica Expo Center, comemorando os 50 anos da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP.

Foram cerca de 5.000 profissionais inscritos, 160 sessões científicas com 450 palestrantes, sendo 50 internacionais, totalizando 300 horas de atividades nos quatro dias de Congresso. Fizeram ainda parte da programação, 50 conferências, 12 cursos e 10 sessões/aula da série “como eu faço”.

Destaque também para a eleição da nova presidente da ABP, a psiquiatra Dra. Carmita Abdo.

O Instituto Bairral de Psiquiatria teve, mais uma vez, uma presença marcante, com 14 pôsteres aprovados, o bicampeonato na competição de vídeo com o curta metragem “Destinos Incertos”, realizado pelos R-2 do Programa de Residência Médica.

Outra presença marcante foi o nosso estande, onde o Instituto se apresentou pela primeira vez a comunidade psiquiátrica brasileira, como um COMPLEXO EM SAÚDE MENTAL. Através do material publicitário distribuído, apresentamos em detalhes todos os serviços oferecidos, com atuação nas mais diversas frentes do universo da saúde mental. Destaque para o mais recente serviço – CIDe – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência.

Agregou-se a este momento, a grande repercussão da reportagem de 8 páginas, apresentada na edição 2504 da Revista Veja, intitulada “Mentes em Choque”. Na referida reportagem, o Instituto Bairral foi apresentado como o hospital modelo no tratamento psiquiátrico no Brasil, na opinião dos mais importantes e influentes psiquiatras do país. A reportagem, em sua versão virtual, obteve mais de 2.800.000 visitas em menos de 4 dias de exibição.

Em 2017, ano em que o Bairral estará completando 80 anos, o XXXV Brasileiro de Psiquiatria acontecerá novamente na cidade de São Paulo.

Confira os vídeos da matéria “Mentes em Choque” da Revista Veja no link: http://veja.abril.com.br/complemento/saude/mentes-em-choque/

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Foto 29-11-16 16 32 36 (2)

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Instituto Bairral presente no XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria.

Imagens da edição 2504 da Revista Veja, intitulada “Mentes em Choque”

Imagens da edição 2504 da Revista Veja, intitulada “Mentes em Choque”

Imagens da edição 2504 da Revista Veja, intitulada “Mentes em Choque”

Imagens da edição 2504 da Revista Veja, intitulada “Mentes em Choque”