Arquivo

Posts Tagged ‘Instituto’

Psicoeducação: Uma Valiosa Ferramenta na Luta Contra o Estigma

Na primeira semana de fevereiro o médico-residente do primeiro ano da residência em psiquiatria do Instituto Bairral R1 Dr. Rafael Silva utilizou-se da ferramenta didática da técnica de psicoeducação, já bastante conhecida no meio clínico, educacional e social, para falar sobre a esquizofrenia aos pacientes internados no Espaço Girassol (setor SUS de dependência química do hospital). O Dr. Rafael trouxe dados de estatística, características e apresentação de sintomas e também um desenho animado que conta uma breve história do menino Bruno, personagem portador de esquizofrenia.

O principal objetivo dessa atividade foi aumentar o conhecimento sobre a doença, a fim de que o estigma e os estereótipos relacionados aos seus portadores possam ser cada vez mais diminuídos com informação adequada. Esse estigma provém muitas vezes do medo do desconhecido, de um conjunto de falsas crenças originadas da falta de conhecimento e compreensão a respeito da mesma, as quais em geral são também reproduzidas pela mídia e por leigos quando usam expressões como “o mendigo”, “o louco”, “o maluco”, “o andarilho” ou “aquele que fala sozinho”. Os pacientes apreciaram muito a explanação e fizeram várias perguntas ao Dr. Rafael, que respondeu com brilho a todas elas.

Médico-residente do primeiro ano da residência em psiquiatria do Instituto Bairral R1 Dr. Rafael Silva.

Médico-residente do primeiro ano da residência em psiquiatria do Instituto Bairral R1 Dr. Rafael Silva.

Confraternização das Residências Terapêuticas Tipo II

No dia 16 de dezembro deu-se a primeira confraternização do Serviço de Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral. O evento aconteceu na Casa 2, localizada à Rua Presidente Kennedy n.° 92, e foi organizado pelos funcionários, com a participação dos moradores das residências que compõem o serviço, os quais opinaram quanto ao cardápio e cada um escolheu seu presente de Natal. Participaram 87 pessoas, sendo 43 moradores do SRT tipo II, 4 moradores do SRT tipo I, 13 familiares e 27 funcionários do SRT e CAPS II “Onofre Batista”.

Esse encontro proporcionou sentimentos de muita emoção, afetividade e alegria entre os moradores, tendo contribuído para o resgaste de boas lembranças do passado e para a ressocialização. O carinho da equipe fica cada dia mais evidenciado em acontecimentos dessa natureza, nos quais os vínculos afetivos são resgatados pelos próprios funcionários, pela comunidade e demais moradores.

Equipe Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral.

Equipe Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral.

Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota estará representada no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas

O Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) Maurício Landre foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016), que acontecerá em Palma de Maiorca, na Espanha, de 30 de novembro a 3 de dezembro, organizado pelas Associações Projectehome Balears e Proyecto Hombre. O convite partiu da FEBRACT –  Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas.

O evento reunirá líderes especialistas históricos e emergentes em comunidade terapêutica de todo o mundo, que têm como grande objetivo em comum tornar possível que uma pessoa possa se libertar das drogas, e terá como documento básico para os fóruns de discussão a Declaração de Gênova”, formulada em 2010 em Gênova, na Itália, quando lá se reuniram mais de 250 especialistas, entre os quais se achava Maurício Landre.

“Somos testemunhas de um mundo que vem sofrendo mudanças estruturais rápidas, que vão desde o rompimento com normas sociais aceitas e acordadas, ou simplesmente aceitas, até as vendidas pelo ‘canto da sereia’ da gratificação imediata”, diz Maurício, que complementa: “Novas drogas estão surgindo. A internet e a velocidade do mundo digital têm manifestado preocupação que, em conjunto com a violência urbana, fazem com que a existência de comunidades terapêuticas seja mais necessária do que nunca.”

Entre os membros do Comitê Científico do encontro estará presente o PhD George De Leon, maior pesquisador em comunidades terapêuticas no mundo. Além do coordenador da CT Santa Carlota, farão parte da delegação brasileira o Presidente da Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas, Luís Roberto Chaim Sdóia, e a Diretora e Coordenadora do Programa Além da Rua do Instituto Padre Haroldo, Lúcia Sdóia, que estarão discutindo temas importantes para o futuro das CTs.

Com certeza teremos muitas contribuições a dar no conclave com vários exemplos exitosos, principalmente com o modelo adotado pelo Estado de São Paulo junto ao SUS e ao Instituto Bairral de Psiquiatria, que decidiram investir no modelo que trabalha os vínculos e o estilo de vida capaz de auxiliar o paciente na sua reinserção social.

Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016).

Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016).

logo

Bastidores: Aconselhamento em Dependência Química

O Instituto Bairral de Psiquiatria dispõe, no setor de Dependência Química do Prédio Central e no setor Mirante, como parte integrante da equipe multidisciplinar, de um trabalho de aconselhamento. Os conselheiros diariamente acompanham, elaboram e coordenam atividades terapêuticas com os pacientes internados.

Das contribuições desses conselheiros ressaltamos:

  • Grupos de Partilhas de Sentimentos – De maneira empática e ética, ocorre o compartilhamento das histórias etnográficas, os sentimentos, emoções e ações de cada indivíduo.
  • Grupos Temáticos – Inserção de temas diversificados com funções morais, comportamentais e espirituais na didática e reflexão.
  • Grupos de 12 Passos – Este é o “carro-chefe” do programa de aconselhamento, que é trabalhado por meio das ferramentas dinâmicas de mudança do estilo de vida.
  • Grupos de Prevenção à Recaída – Estratégias de enfrentamento de situações de risco e motivação à prática de ações de proteção à recaída.
  • Grupos Familiares – Reuniões semanais com os familiares dos dependentes químicos acolhidos no hospital, esclarecendo dúvidas sobre o tratamento, a dinâmica da dependência química, ações de gerenciamento e manejo e conscientização sobre co-dependência.
  • Grupos de Espiritualidade – Encontro com introdução de princípios espirituais, temas transversais e humanistas que elevam de maneira pragmática a autoestima, a esperança, a solidariedade, a fé, o amor, o perdão, a alteridade e o altruísmo. A musicalidade e o compartilhar fazem a essência desses encontros.

Os conselheiros atuam através do acolhimento e do manejo de comportamento, focando suas intervenções para que os pacientes percebam a necessidade de mudança, estimulando-os para a qualidade de vida e para a recuperação. Interagem nas atividades multidisciplinares, incluindo atividades de lazer, atividades lúdicas (com dinâmicas voltadas para a busca de ressignificação da vivência da dependência química), e também ofertam semanalmente vídeoterapia com filmes temáticos e terapêuticos, com posterior discussão.

O Instituto Bairral conta atualmente com oito conselheiros, divididos por setores femininos e masculinos, e que estão disponíveis para auxiliar na recuperação e reinserção social dos pacientes.

Coordenadora Maria Cristina Martin Altafini, juntamente com equipe multidisciplinar de conselheiros do Instituto Bairral.

Coordenadora Maria Cristina Martin Altafini, juntamente com equipe multidisciplinar de conselheiros do Instituto Bairral.

Bairral Recebe Visita do Curso de Enfermagem

Recebemos em nossos espaços, nos dias 24 de agosto e 1.° de setembro, a visita de 23 alunos do Curso Técnico de Enfermagem da Escola Técnica João Belarmino,  de Amparo (SP), acompanhados pelos docentes Ana Paula, Luciene, Renata e Silvia, e de 14 alunos do curso superior de Enfermagem do IESI – Instituto de Ensino Superior de Itapira, em companhia da docente e também enfermeira do Instituto Bairral Camila. Os visitantes foram recepcionados pela enfermeira Beatriz, pela Supervisora de Enfermagem Tamara e pelo Coordenador de Enfermagem José Alex.

Durante a visita os alunos tiveram a oportunidade de conhecer alguns setores de atuação da enfermagem, a organização dos serviços diários dos pacientes, os espaços terapêuticos, salas de atividades e outras dependências. Demonstrando muito interesse, elogiaram o trabalho desenvolvido em nosso hospital e a organização de cada setor visitado, reputando como muito proveitosa a oportunidade que lhes foi oferecida, a qual, conforme afirmaram, acrescentou bastante conhecimento sobre o que é a Psiquiatria e a sua importância.

Visita de 23 alunos do Curso Técnico de Enfermagem da Escola Técnica João Belarmino,  de Amparo (SP).

Visita de 23 alunos do Curso Técnico de Enfermagem da Escola Técnica João Belarmino, de Amparo (SP).

Visita de 14 alunos do curso superior de Enfermagem do IESI – Instituto de Ensino Superior de Itapira.

Visita de 14 alunos do curso superior de Enfermagem do IESI – Instituto de Ensino Superior de Itapira.