Arquivo

Posts Tagged ‘terapêutica’

Confraternização das Residências Terapêuticas Tipo II

No dia 16 de dezembro deu-se a primeira confraternização do Serviço de Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral. O evento aconteceu na Casa 2, localizada à Rua Presidente Kennedy n.° 92, e foi organizado pelos funcionários, com a participação dos moradores das residências que compõem o serviço, os quais opinaram quanto ao cardápio e cada um escolheu seu presente de Natal. Participaram 87 pessoas, sendo 43 moradores do SRT tipo II, 4 moradores do SRT tipo I, 13 familiares e 27 funcionários do SRT e CAPS II “Onofre Batista”.

Esse encontro proporcionou sentimentos de muita emoção, afetividade e alegria entre os moradores, tendo contribuído para o resgaste de boas lembranças do passado e para a ressocialização. O carinho da equipe fica cada dia mais evidenciado em acontecimentos dessa natureza, nos quais os vínculos afetivos são resgatados pelos próprios funcionários, pela comunidade e demais moradores.

Equipe Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral.

Equipe Residência Terapêutica Tipo II (SRT) do Instituto Bairral.

Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota estará representada no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas

O Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) Maurício Landre foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016), que acontecerá em Palma de Maiorca, na Espanha, de 30 de novembro a 3 de dezembro, organizado pelas Associações Projectehome Balears e Proyecto Hombre. O convite partiu da FEBRACT –  Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas.

O evento reunirá líderes especialistas históricos e emergentes em comunidade terapêutica de todo o mundo, que têm como grande objetivo em comum tornar possível que uma pessoa possa se libertar das drogas, e terá como documento básico para os fóruns de discussão a Declaração de Gênova”, formulada em 2010 em Gênova, na Itália, quando lá se reuniram mais de 250 especialistas, entre os quais se achava Maurício Landre.

“Somos testemunhas de um mundo que vem sofrendo mudanças estruturais rápidas, que vão desde o rompimento com normas sociais aceitas e acordadas, ou simplesmente aceitas, até as vendidas pelo ‘canto da sereia’ da gratificação imediata”, diz Maurício, que complementa: “Novas drogas estão surgindo. A internet e a velocidade do mundo digital têm manifestado preocupação que, em conjunto com a violência urbana, fazem com que a existência de comunidades terapêuticas seja mais necessária do que nunca.”

Entre os membros do Comitê Científico do encontro estará presente o PhD George De Leon, maior pesquisador em comunidades terapêuticas no mundo. Além do coordenador da CT Santa Carlota, farão parte da delegação brasileira o Presidente da Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas, Luís Roberto Chaim Sdóia, e a Diretora e Coordenadora do Programa Além da Rua do Instituto Padre Haroldo, Lúcia Sdóia, que estarão discutindo temas importantes para o futuro das CTs.

Com certeza teremos muitas contribuições a dar no conclave com vários exemplos exitosos, principalmente com o modelo adotado pelo Estado de São Paulo junto ao SUS e ao Instituto Bairral de Psiquiatria, que decidiram investir no modelo que trabalha os vínculos e o estilo de vida capaz de auxiliar o paciente na sua reinserção social.

Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016).

Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota (Programa do Instituto Bairral de Psiquiatria) foi convidado para representar as comunidades terapêuticas do Brasil no V Instituto da Federação Mundial de Comunidades Terapêuticas (V WFTC Mallorca 2016).

logo

Equipe Técnicas de Hospitais de Referência em Doenças Respiratórias do Estado de São Paulo Visitam a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota

Em 2 de agosto recebemos na Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota integrantes das equipes do Hospital Nestor Goulart Reis, de Américo Brasiliense, Instituto Clemente Ferreira, da capital paulista, e Hospital Leonor Mendes de Barros/São Camilo, de Campos do Jordão, todos eles referência no Estado de São Paulo na área de doenças respiratórias, que vêm apresentando crescente demanda de atendimentos a portadores de doenças respiratórias, em especial a tuberculose, devido ao uso de crack e à dependência de álcool e drogas.

Na ocasião mostramos aos visitantes o programa que a CT Santa Carlota utiliza, totalmente baseado no reforço positivo, restabelecimento de vínculos e gerenciamento e manejo de crises e conflitos para adultos do sexo masculino.
Também conseguimos estreitar as relações de seguimento em casos que jovens e adultos já estão em fase estável ou curados das doenças respiratórias e necessitam de um espaço para dar continuidade ao processo de recuperação da dependência de álcool e drogas.

Estavam presentes nesse encontro: Sofia Duarte de Oliveira Scarpelini, assistente social, Diretora Técnica de Saúde I do Núcleo de Acompanhamento Social  do Instituto Clemente Ferreira; Fábio Freitas Neves, psicólogo do Hospital Leonor Mendes de Barros/São Camilo; Jean Alexandro, assistente social, e Renata Konishi Fernandes, enfermeira, do Hospital Nestor Goulart Reis; Gustavo Gonçalves da Cunha, da Divisão de Tuberculose da Secretaria Estadual de Saúde; e Sônia Aparecida Telles Torres, técnica de enfermagem.

Os visitantes foram recebidos por Maurício Landre, coordenador técnico, Marco Aurélio Tosta Longo, enfermeiro, e Daniel José Olympio, conselheiro, que integram a equipe da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Equipe Técnicas de Hospitais de Referência em Doenças Respiratórias visitam a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Equipe Técnicas de Hospitais de Referência em Doenças Respiratórias visitam a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Clínica Alamedas Visita a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota

Em 14 de maio a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota teve o privilégio de receber parte importante da equipe técnica da Clínica Alamedas, de São Paulo (SP), que é coordenada e supervisionada pelos Drs. Ronaldo Laranjeira e Maria de Fátima Rato Padim. Composto pelos profissionais Márcia Gomes (psicopedagoga), Mirelle Lauret Mendes Carim, Pilar Caratalo, Renata Santos, Ana Silvia R. Sacramento, Sílvia Pacheco, Ludmila R. Heck Kyrielos, Douglas José Resende Lima e Vivian Miucha Moura Barbosa (psicólogos) e Wanessa Maria de Oliveira (assistente social do Instituto Bairral, convidada pelos visitantes), o grupo foi recebido pelo Coordenador Técnico da CT e pelos Conselheiros de Referência dos Grupos por Perfil de Comprometimento, além dos residentes acolhidos.

Num primeiro momento houve uma reunião com o Coordenador para uma explanação sobre o programa da CT, e depois participaram, junto com os acolhidos, da Atividade de Espiritualidade, espaço em que todos podem, por meio da leitura, partilhar a compreensão e o significado do texto sugerido para o dia.

Em seguida, houve confraternização com um lanche, e depois os visitantes foram conhecer o restante das instalações, em especial, o Centro Transdisciplinar Ronaldo Ramos Laranjeira, assim chamado para homenagear o idealizador e responsável pelo convencimento técnico para que o programa pudesse ser oferecido pelo Instituto Bairral em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Atualmente, 75% dos acolhidos pela CT Santa Carlota são encaminhados pelo Cratod (Centro de Referência para Álcool, Tabaco e Outras Drogas), órgão do Governo do Estado com sede na capital paulista; os outros 25% procedem de Itapira e demais regiões do Estado de São Paulo.

A visita foi marcada por muita emoção, por constatarem a visível melhora dos acolhidos no processo de recuperação de que participam.

A CT Santa Carlota aguarda agora a vinda dos demais profissionais que integram a Clínica Alamedas, referência e excelência no tratamento ambulatorial de dependentes de álcool e drogas em nosso país, com a certeza de que teremos mais momentos de confraternização e construção de futuras parcerias.

Equipe Técnica da Clínica Alamedas, de São Paulo, visitando a Comunidade Terapêutica Santa Carlota.

Equipe Técnica da Clínica Alamedas, de São Paulo, visitando a Comunidade Terapêutica Santa Carlota.

Mudança de Vida – Sharon Seivert

No dia 5 de abril a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota recebeu a visita de Sharon Seivert, acompanhada de Nivaldo José Caliman, Diretor Superintendente do Instituto Bairral, da médica psiquiatra Dra. Thaís Morayama, integrante da equipe técnica do hospital, e da tradutora Helena Leite.

Sharon Seivert é presidente da The Coreporation, Inc. (TCI), consultora estratégica, trabalha no desenvolvimento de líderes, formação de equipes, coaching executivo e treinamento de programas de treinadores desde empresas de diversos setores até organizações sem fins lucrativos. É autora de vários livros, dentre eles “O Ato de Equilíbrio: Dominando os Cinco Elementos de Sucesso na Vida”. Esteve envolvida num projeto em que auxiliava na recolocação de ex-detentos, também usuários de álcool e outras drogas, no mercado de trabalho. Ela complementa seu treinamento com técnicas que auxiliam as pessoas a conseguir se movimentar e vencer obstáculos.

Durante toda a manhã Sharon esteve presente na ala de convívio da CT, local onde são realizadas as reuniões, visitas e abordadas as temáticas na presença de todos os acolhidos e equipe.

Sharon foi recebida por todos com entusiasmo. Após as apresentações, foi realizada a cerimônia em que 16 badaladas são dadas pelo sino da CT em homenagem às mártires carmelitas, entre elas, Santa Carlota da Ressureição. A todo momento Helena e Thaís auxiliavam Sharon na compreensão das falas e da cerimônia que ali se realizava. A banda da CT, diante da também musicista Sharon, preparou-se para tocar uma música em sua homenagem, emocionando a todos os presentes.

Quando lhe foi dada a palavra, Sharon falou sobre a calorosa recepção. Expressou sua alegria em estar ali presente, dizendo que nunca havia sido recebida com tamanho carinho, o que a surpreendeu. Em aproximadamente uma hora e meia de conversa, falou sobre a decisão heroica daqueles homens de estarem ali a fim de se recuperar e mudar de vida. Repetiu diversas vezes a palavra “heróis”, enfatizando a importância da escolha de cada um, e respeitando a grande luta travada contra eles mesmos, mencionando também a necessidade do amor e a relevância da alma em tudo o que fazem.

Os acolhidos da CT fizeram perguntas que foram traduzidas para Sharon, o que possibilitou uma grande aproximação. Uma das perguntas que mais chamou a atenção foi relacionada ao medo de voltar a usar drogas. Sharon, com toda sua sensibilidade, falou sobre a técnica de meditação e respiração a fim de aliviar a sensação de inquietação e ansiedade. Foi surpreendida também por um acolhido que disse não querer perguntar nada, mas sim receber um abraço, o qual, obviamente, não foi negado.

Ao final, Sharon mostrou seu lado de musicista e cantou uma canção dedicada aos presentes que falava sobre motivação, emocionando a todos e recebendo o cumprimento pessoal de cada acolhido e cada membro da equipe.

Esperamos que esse “warmy welcome” (recepção calorosa) tenha atingido o coração da querida convidada, como atingiu o de todos aqueles que participaram. A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota espera que Sharon possa retornar para uma futura visita cheia de abraços, de um modo bem caloroso, bem brasileiro!

Dra. Tais Silveira Morayama juntamente com Sharon Seivert, em visita a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Dra. Tais Silveira Morayama juntamente com Sharon Seivert, em visita a Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.

Mauricio Landre (Coordenador Técnico Comunidade Terapeutica), juntamente com Nivaldo José Caliman (Diretor Superintendente do Instituto Bairral).

Mauricio Landre (Coordenador Técnico Comunidade Terapeutica), juntamente com Nivaldo José Caliman (Diretor Superintendente do Instituto Bairral).