Arquivo

Evento Festivo de Inverno 2011

No último dia 27 de maio ocorreu no Instituto Bairral de Psiquiatria o Evento Festivo de Inverno 2011. Este evento tem como objetivo a confraternização dos funcionários e a concessão da honraria Enfermeira Dalila Baptista Bianchi. Honraria que começou a fazer parte deste evento no ano passado com objetivo de homenagear anualmente três funcionários destaques do ano.  Dalila Baptista foi à primeira enfermeira diplomada da Instituição que muito contribuiu para a melhoria do padrão de assistência de enfermagem. Em 1960 instalou no hospital o Curso Preparatório de Enfermagem.

Nesta edição foram homenageados os funcionários Diomar Fernandes Codogno (Secretária do Setor Esplanada), Ronaldo Fernandes Galego (Pedreiro Encanador do Setor de Manutenção) e Maria Rosa Cintra da Silva (Auxiliar de Cozinha do Setor de Nutrição e Dietética). Os critérios para escolha dos homenageados do ano foram às competências organizacionais (ética, comprometimento, humanização e inovação).

Neste ano em especial, o evento também teve como propósito “integrar” os funcionários. O setor de RH tem como um de seus projetos o Programa de Integração que está para ser concluído e colocado em prática aos funcionários recém admitidos. Este programa visa acolher, orientar e integrar os novos funcionários, para que tenham conhecimento do novo ambiente de trabalho e da Instituição em que passarão a trabalhar. Apesar de muitos funcionários presentes no evento estarem na Instituição há anos, acreditava-se que este momento era importante e crucial para todos. Portanto, simbolicamente a integração foi realizada e contou com a presença do palestrante Prof. Fabrizio Rosso da Fator RH que assessora a Instituição em vários projetos, inclusive no Projeto de Gestão. Foram entregues o manual de integração e orientação para funcionários, e um chaveiro símbolo do Programa de Integração.

A palestra em pauta foi surpreendente. Abordou questões técnicas e emocionais relacionadas ao tema.  Mostrou a importância de acolher para ser acolhido, e frisou como pode ser gratificante integrar novos colegas.

Em seguida realizamos o sorteio de brindes para os funcionários presentes, inclusive aos que estavam em trabalho no hospital.  Para encerrar, os funcionários puderam prestigiar um saboroso coquetel junino, com comes e bebes típicos de festa junina, e apreciar a atração musical com a dupla sertaneja Jhonny e Christian.

Foi um evento marcante e caloroso. Os funcionários mostravam-se envolvidos e satisfeitos.

Evento festivo Bairral

Vista geral dos funcionários que participaram do evento

Palestra com o Prof. Fabrizio Rosso

Palestra com o Prof. Fabrizio Rosso

Dinâmica com os funcionários durante a palestra

Dinâmica com os funcionários durante a palestra

Evento festivo Bairral

Maria Stella N. Junqueira (Coordenadora de Recursos Humanos ), Fabrizio Rosso (Fator RH) e Nivaldo J. Caliman (Diretor Administrativo)

Evento festivo Bairral

Maria Rosa Cintra da Silva recebendo a homenagem “Dalila Batista” do diretor do Instituto Bairral Cleovanir Brandão

Evento festivo Bairral

Diomar Fernandes Codogno recebendo a homenagem “Dalila Batista” do Senhor Alberto Luis de Mello Rosatto (Presidente do Conselho Diretor do Instituto Bairral)

Evento festivo Bairral

Ironildo Boselli (Presidente do Conselho Curador do Instituto Bairral) entregando a honraria “Dalila Batista” a Ronaldo Fernandes Galego

Evento festivo Bairral

Sorteio de brindes aos funcionários

Evento festivo Bairral

Sorteio de brindes aos funcionários

Evento festivo Bairral

Coquetel junino servido aos funcionários após o evento

Grande evento marca lançamento de tratado psiquiátrico

Um grande evento científico, ocorrido no período de 28 a 30 de abril último, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, marcou o lançamento do livro “Clínica Psiquiátrica – A visão do Departamento e do Instituto de Psiquiatria do HCFMUSP”- Editora Manole. Em dois volumes, quase 2300 páginas, especialistas analisam a evolução desse ramo da medicina e propõem uma interface com outras áreas de estudo da mente, como a neurociência, a psicologia e a psicanálise. São 163 artigos, organizados em 10 seções pelos psiquiatras Euripedes Constantino Miguel, Valentim Gentil Filho e Wagner Farid Gattaz.

Como não poderia deixar de ser em um tratado de psiquiatria, há os capítulos que descrevem as grandes síndromes e formas de controlar seus sintomas, além de interessantes seções sobre o ensino e pesquisa em psiquiatria e estruturação de uma rede de saúde pública. A presença de dados e questionamentos relativos à psiquiatria no Brasil diferencia “Clínica Psiquiátrica” das traduções para o português das grandes obras de referência desenvolvidas em outros países. O Instituto Bairral de Psiquiatria se fez representado pelo Diretor de Relações Externas Agenor Pares de Lima, além de Nivaldo José Caliman – Diretor Administrativo e Maria Stella Noris J. Mistro, Maria Amélia Torezan, Marina Caversan de Oliveira e Salete Toledo Marques – todas coordenadoras técnicas setoriais.

Agenor e Nivaldo com Dr. Valentim Gentil

Agenor e Nivaldo com Dr. Valentim Gentil – um dos organizadores do evento/livro

Representantes do Instituto Bairral

Representantes do Instituto Bairral

Agenor e Nivaldo com Dr. José Gallucci Neto - um dos autores do livro

Agenor e Nivaldo com Dr. José Gallucci Neto – um dos autores do livro

Em maio iniciam-se as campanhas salariais 2011

Como todo ano, maio inaugura o início das campanhas salariais dos mais diversos segmentos profissionais. O Instituto, hoje com cerca de 795 funcionários, terá até setembro próximo cerca de oito acordos a negociar. São diversas entidades sindicais representando diversas categorias profissionais. Em maio, as negociações já ocorrem com o Sindicato das Terapeutas Ocupacionais e Fisioterapeutas, este já em processo de negociação. Ainda em maio, há também o mesmo processo com o Sinsaúde – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Campinas, que representa diversas categorias profissionais. Neste caso, após recebimento da pauta de reivindicações no último dia 11/05, O Instituto Bairral encaminhou para avaliação da Assembléia do Sinsaúde, a seguinte contraproposta contendo:-

1. Reajuste salarial de 10% (dez) sobre os salários praticados em maio de 2011, em parcela única, a partir de 01/06/2011;

2. Conceder a 6ª folga para a jornada de 6 horas diárias, ficando certo que nesta estrutura ficam compensados os feriados civis e religiosos durante o ano, exceto o feriado do Dia do Trabalhador da Saúde, ou seja, 12 de maio;

3. Demais cláusulas terão como base o Acordo 2007/2008 com suas necessárias atualizações.

Na oportunidade da entrega da contraproposta acima, manifestou-se junto ao representante sindical a possibilidade de análise nos itens da cesta básica ou a transformação da mesma em valores mensalmente carregados no cartão VR. Estamos no aguardo do resultado das decisões deliberadas pela assembléia dos funcionários.

As demais categorias profissionais como médicos, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas e farmacêuticos, entre outras, iniciarão suas campanhas em breve, pois a data-base destas categoriais é em setembro.

Bastidores: Enfermagem

A Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria teve sua profissionalização iniciada no ano de 1941, pela então Enfermeira Chefe Dalila Batista Bianchi. Em 1960 foi implantado o Curso Preparatório de Enfermagem no próprio Instituto, coordenado por Dalila.

Hoje contamos com 300 profissionais de enfermagem,  sendo 29 Enfermeiros, 170 Técnicos de Enfermagem e 101 Auxiliares de Enfermagem.

Nosso modelo assistencial de enfermagem baseia-se nos princípios do Primary Nursing e resultou da implementação da Sistematização da Assistência de Enfermagem em 1999.

Através da Consulta de Enfermagem, aplicada a pacientes recém-admitidos, desde o ano de 1984, estabelece-se o relacionamento enfermeiro/paciente, o qual resulta num vínculo que se faz presente durante todo o período de internação. O processo aplicado consiste numa entrevista individualizada, obedecendo a um roteiro pré-estabelecido, porém dando liberdade de resposta ao paciente e possibilitando ao enfermeiro expor suas preocupações e elaborar um plano de cuidados específicos a ser sugerido pela Equipe de Enfermagem. A individualidade do paciente é o ponto central do processo e o enfoque está no ouvir e compreender a pessoa hospitalizada, bem como interagir com ela. Trata-se de um plano assistencial de cuidados integrais e individualizado, administrado de forma humanizada, competente e contínua.

Este plano é acompanhado e avaliado pelo enfermeiro periodicamente, sofrendo as alterações que se fizeram necessárias no período da hospitalização.

O enfermeiro visualiza o paciente nas esferas biopsicossocial e espiritual e tem autonomia na elaboração do plano de cuidados. Além disso, atua como facilitador nos contatos entre paciente e a equipe multidisciplinar.

As ações de enfermagem são devidamente registradas, assim como as intercorrências do paciente e internações de enfermagem.

Nossa assistência de enfermagem é coordenada pelo enfermeiro responsável da unidade onde o paciente está internado e na ausência deste, pelo enfermeiro de referência, a quem é atribuída à responsabilidade da manutenção do plano de cuidados estabelecido. Os técnicos e auxiliares de enfermagem são extensores do modelo assistencial.

Na área de Educação Continuada em Enfermagem, contamos com um processo de integração aos recém-chegados e também com atualizações semestrais sobre diversos temas de enfermagem. Inclusive, no último dia 26 realizamos o Encontro de Enfermagem 2011, que contou com as seguintes palestras: 1) “Segurança e Competência Profissional no Cuidado de Enfermagem” ministrada pela Profa. Dr ª Ariadne da Silva Fonseca , Diretora Editorial da Revista Nursing, e 2) “A importância da Enfermagem na Assistência de Pacientes Psiquiátricos” ministrada pelo Prof. José Galucci Neto, Médico Assistente do Instituto de Psiquiatria USP, e Coordenador da Residência Médica do Instituto Bairral.

Tivemos 66 participações no período da manhã e 86 participações no período da tarde, totalizando 152 participações.

Nossas áreas de atuação dentro do Instituto Bairral são:

  • Assistencial nas unidades de internação
  • Eletrocardiograma
  • Eletroconvulsoterapia
  • Tratamento Odontológico sob Anestesia Geral
  • Central de Materiais e Esterilização
  • CCIH
  • Centro de Pesquisas
  • Enfermagem do Trabalho
  • Comissão de Ética em Enfermagem
  • CIPA
  • Brigada de Incêndio
  • Educação Continuada
  • Residências Terapêuticas

“Mais do que a glória do tratar, aspiremos à simplicidade do cuidar”

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermagem do Instituto Bairral de Psiquiatria

Enfermeiras e enfermeiros

Enfermeiras e enfermeiros


Encontro de Enfermagem - Drª Ariadne da Silva Fonseca

Encontro de Enfermagem – Drª Ariadne da Silva Fonseca

Encontro de Enfermagem

Encontro de Enfermagem

Encontro de Enfermagem - Prof. José Galucci e enfermeiro(as) do Instituto Bairral

Encontro de Enfermagem – Prof. José Galucci e enfermeiro(as) do Instituto Bairral

A reconstrução da rotina na vida de pacientes com transtornos psicóticos do Setor Esplanada

Este artigo tem como proposta refletir sobre os alcances da assistência em Terapia Ocupacional no processo de reabilitação de pacientes institucionalizados com transtornos psicóticos. Constatando que muito dos pacientes que se internam têm o diagnóstico da série da esquizofrenia, devemos nos preocupar com a evolução desta doença. Muitos apresentam, além dos sintomas psicóticos produtivos (alucinações e delírios), sintomas afetivos, cognitivos e negativos. A farmacoterapia costuma agir para alguns sintomas, não sendo suficiente o bastante para a resolução de todas os prejuízos que acometem o indivíduo. É necessário o trabalho de equipe interdisciplinar no sentido de abarcar estas necessidades. Abordaremos a função da Terapia Ocupacional nestes casos. Quando agimos em todas as áreas afetadas, temos a chance de melhores resultados. Para direcionar a discussão, baseamo-nos nos atendimentos de Terapia Ocupacional realizados durante o período de internação desses pacientes.

A Terapia Ocupacional utiliza as atividades como meio de intervenção no processo terapêutico. Assim, trabalhamos em busca da autonomia e independência dos indivíduos, que, por apresentarem alterações físicas, sensoriais, psicológicas, mentais ou sociais por um período de tempo ou mesmo definitivamente, terão dificuldades na sua rotina de vida. Acreditamos que por meio do oferecimento de experiências, com o “fazer” presente na relação terapêutica, podemos trilhar um caminho com o paciente em direção à construção de uma rotina ou na reconstrução da rotina pré-existente, objetivando uma melhora na qualidade de vida. O intuito de colocar em prática o trabalho da Terapia Ocupacional com pacientes psicóticos surgiu da dificuldade trazida pelos mesmos, durante a internação, em se organizar no lar. Como parâmetro, utilizamos a rotina estabelecida no hospital, pois este possui rotinas de horários e de atividades diversas organizadas de forma estruturada. Para conhecimento mais profundo das necessidades do paciente é realizada uma avaliação visando obter dados de como eram sua dinâmica familiar e sua rotina diária, para posteriormente ser elaborada sua rotina individual diária, com horários para atividades, caminhadas, hora para acordar, dormir, fazer as refeições e usar as medicações.

Dra. Daniele (Médica Psiquiatra) e Aline (Terapeuta Ocupacional)

Dra. Daniele (Médica Psiquiatra) e Aline (Terapeuta Ocupacional)

_

Autores:

Dra. Daniele Maria Werdine Rennó  (Médica Psiquiatra do setor Esplanada)

Aline Coraça Trevelin  (Terapeuta Ocupacional do setor Esplanada)

Página 134 de 148« Primeira...102030...132133134135136...140...Última »

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1