Arquivo

I Simpósio Internacional – Explorando as Fronteiras da Relação Mente-Cérebro

Com apoio do Instituto Bairral de Psiquiatria, realizou-se no período de 24 a 26 de setembro o I Simpósio Internacional Explorando as Fronteiras da Relação Mente-Cérebro, no Centro de Convenções Rebouças em São Paulo. A organização coube a Universidade Federal de Juiz de Fora, na figura do Dr. Alexander Moreira Almeida e ao  Prof. Dr. Franklin Santana Santos da Pinus Longaeva Saúde e Educação e IPQ-USP.

Foram cerca de 600 participantes, com programação de altíssima qualidade e grandes apresentações de trabalhos científicos na área.

Tivemos a participação de renomados pesquisadores da área, destacando o Prof. Mario Beauregard da Universidade de Montreal – Canadá palestrando sobre “O cérebro, a mente e as experiências transcendentes”, o Prof. Dr. Chris J. S. Clarke da Universidade de Southampton – Inglaterra que abordou o tema “Física sem colapso, mecanicismo e espiritualidade”, o Dr. Stuart Hameroff, professor do Centro de Estudos da Consciência da Universidade do Arizona – Estados Unidos, que nos mostrou os processos quânticos cerebrais como fornecedor de explicações científicas plausíveis para a consciência e alma, além do neuropsiquiatra Peter Fenwick  do Royal College of Psychiatrists da Inglaterra – “Experiências de quase morte e a relação cérebro-mente” e Erlendur Haraldsson, professor emérito de psicologia da Universidade da Islândia, que apresentou casos sugestivos de reencarnação e relação mente-cérebro. Destamos também os pesquisadores Saulo de Freitas da Universidade Federal de Juiz de Fora com o tema “O eterno retorno do materialismo: padrões recorrentes de explicações materialistas dos fenômenos mentais. Pelo Instituto Bairral estiveram presentes o Dr. Marcelo Ortiz de Souza (psiquiatra), Dr. Agenor Pares de Lima (Diretor de Relações Externas) e Nivaldo José Caliman (Diretor Administativo).

mente cerebro

Na Foto Nivaldo José Caliman (Diretor Administrativo), Prof. Dr. Franklin Santana Santos (Coordenador científico do evento) – Dr. Agenor Pares de Lima (Diretor de Relações Externas) e Dr. Marcelo Ortiz de Souza (psiquiatra do Instituto)

Programa de Integração do Instituto Bairral de Psiquiatria

Todo mundo já passou ou irá passar, pelo drama, ansiedade e desconhecimento dos primeiros dias de trabalho em uma nova instituição e, normalmente, este novo funcionário leva algum tempo para se ambientar, não sabe ao certo onde ira trabalhar, não conhece os colegas, as regras das instituições, métodos de trabalhos adotados. Para resolver muito desses problemas, criou-se uma ferramenta simples e que tem se mostrado de grande utilidade chamada de Programa de Integração e que pode tanto ser usado nos momentos de chegada de um novo funcionário, como periodicamente, com o intuito de integrar todos os colaboradores de todas as áreas ou transmitir novas diretrizes.

O Programa de Integração é um programa formal e intensivo de treinamento inicial destinado a novos membros da instituição. Fazer com que um novo funcionário fique seguro e perfeitamente à vontade desde o seu primeiro dia de trabalho não é apenas um detalhe de delicadeza humana que devemos a todos, mas também se constitui uma estratégia gerencial.

Um Programa de Integração envolve muito mais do que o mero repasse de informações,  consiste em buscar a melhor relação entre o funcionário e a instituição, de forma que o novo funcionário possa conhecer a nova instituição e tornar-se parte dela, visando ajustá-lo ao ambiente. Portanto, visa ajudar os funcionários a compreender os aspectos sociais, técnicos e culturais do local de trabalho.

Dentre as vantagens deste processo, podemos citar:

1) a redução do tempo de adaptação do novo funcionário a uma nova realidade, fazendo com que o novo colaborador esteja apto a atender as necessidades da instituição de maneira mais rápida;

2) ter satisfação em poder fazer parte do conjunto de maneira rápida e abrangente, propiciando as melhores condições para o seu desenvolvimento;

3) maior produtividade;

4) diminuição de acidentes de trabalho;

5) redução do número de dúvidas a respeito das práticas da empresa, seja com relação a suas políticas, seja na administração dos benefícios;

6) evitar distorções na percepção da empresa.

Tendo em vista estes aspectos, o Bairral está reestruturando seu Programa de Integração, o qual será realizado com os funcionários recém admitidos que passarão por um processo de conhecimento da instituição. Além dos funcionários recém admitidos, tem-se a proposta de incluir neste programa os 778 funcionários que já trabalham no hospital, para que possamos alinhar informações e posturas. Acredita-se que com este programa todos os envolvidos ganham, pois funcionários integrados, treinados e conscientes, realizam seu trabalho com mais qualidade, agilidade e motivação, trazendo bons resultados para a Instituição.

VII Congresso Transpessoal Internacional Alubrat – Felicidade Autêntica

No período de 04 a 07 de Setembro último, o Instituto Bairral de Psiquiatria esteve presente no VII Congresso Internacional Transpessoal da Alubrat (Associação Luso-brasileira de Transpessoal) em Águas de Lindóia (SP), tendo como tema central “Felicidade Autêntica”. Foram aproximadamente 1000 participantes de todas as regiões do Brasil, além de alguns países.

Foram representando a Instituição, Nivaldo José Caliman (Diretor Administrativo), Luisa Helena Menezes (Coordenadora de Controladoria), Maria Amélia Torezan (Coordenadora Geral de Enfermagem) e Maria Stella N. J. Mistro (Coordenadora de Recursos Humanos).

O evento tratou de assuntos abordando várias áreas do conhecimento humano com enfoque na espiritualidade, humanização, competências emocionais, gestão de pessoas, resiliência, valores humanos, nutrição, entre outros.

Destacamos os seguintes palestrantes:

Jean Yves Leloup, palestrante internacional, psicólogo do Colégio Internacional dos Terapeutas, sacerdote hesicaste, que destacou as três sabedorias de Salomão, relacionando a sabedoria com a espiritualidade e a necessidade de vermos além dos fatos;

Amit Goswami, físico quântico, nascido na Índia e radicado nos Estados Unidos, que falou sobre o ativismo quântico e seus desdobramentos para cura, a mudança de comportamentos em relação ao meio ambiente e o ser humano, tendo a física quântica como o grande referencial de sustentação de novos paradigmas.

Dulce Magalhães, que nos mostrou técnicas simples para resolução de problemas como perguntas e observação de respostas no universo;

Roger Woolger, que relacionou exemplares da poesia mundial aos diversos picos e vales que vivenciamos;

Uma Krishnamurthy, psiquiatra e dançarina indiana, que abordou os aspectos emocionais e de como transformá-los positivamente, libertando-nos do sofrimento de nós mesmos. Proporcionou-nos ainda, uma belíssima apresentação de danças sagradas indianas, seus cantos, mantras além de sua rica simbologia.

Vanderli Marchiori e Edina Sakamoto, nutricionistas, que mostraram como a nutrição pode otimizar a felicidade;

Márcio Schultz consultor empresarial, destacou que os talentos são baseados nas competências emocionais, ressaltou as competências dos líderes e a necessidade de interação destes com sua equipe. Apresenta o Eneagrama do líder, listando as virtudes de vulnerabilidades de cada tipo.

Rogério Chér, diretor de Recursos Humanos da Natura, que trouxe o processo de engajamento que realiza com seus funcionários facilitando o autoconhecimento, visão de futuro e responsabilidade por suas ações e escolhas;

Susan Andrews, psicóloga americana, formada pela Universidade Harvard, que apresentou a tendência atual, em prática em vários países do mundo, onde o desenvolvimento de um país não seja mais simplesmente mensurado pelo PIB (produto interno bruto), mas pelo FIB (Felicidade Interna Bruta). Procedimento este já reconhecido pela ONU e praticado no Butão (considerado pela ONU como o país mais feliz do mundo em 2009), na República da Irlanda e em algumas cidades da costa oeste do Canadá. Recentemente o parlamento inglês decidiu adotar e monitorar oficialmente o referido índice.

Dan Millman, campeão norte americano de ginástica olímpica nos anos 70, que apresentou a “jornada do guerreiro pacífico”, com referências na superação, na consciência do momento presente e os decorrentes e importantes propósitos apresentados pela vida.

Ressaltamos também as danças lúdicas, realizadas sentado, denominada “Brin Cadeira”, trazida pela artista e terapeuta Izabel Zago, que descontraiu e integrou os participantes de maneira surpreendente e inovadora..

Participar deste congresso, com temática tão inovadora e desafiadora ao mesmo tempo, foi uma experiência ímpar, promovendo inúmeras reflexões. Mostrou que cada indivíduo, parafraseando Nelson Mandella, é o senhor do seu destino e o capitão da sua alma. Devemos nos aceitar como pessoas, vivermos atentamente e intensamente o momento presente de nossas vidas e espalharmos o bem, para promovermos a tão sonhada Paz!

VII Congresso Transpessoal

Funcionários do Instituto Bairral participantes do Congresso: Nivaldo Jose Caliman (Diretor Administrativo), Maria Amélia Torezan (Coordenadora Geral de Enfermagem), Maria Stella N. J. Mistro (Coordenadora de Recursos Humanos) e Luisa Helena M. Menezes (Coordenadora de Controladoria)

Supervisão do Setor de Dependência Química

No último dia 06, o Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira esteve no Instituto Bairral, supervisionando o andamento do programa de atendimento a pacientes dependentes químicos. O projeto denominado “Praxiterapia D.Q.” é uma parceria do Instituto Bairral de Psiquiatria com a Secretaria Estadual de Saúde e Unifesp. São 105 leitos (masculino e feminino) do setor SUS destinado ao atendimento de pessoas portadoras de transtornos por uso de substancias psicoativas, deste total 35 leitos são destinados a pacientes com transtornos devido ao uso do crack ou usuários de múltiplas drogas. A equipe da Praxiterapia DQ apresentou o quadro clínico de um dos internos. Discutimos a problemática do paciente em si, a melhor abordagem a ser  realizada e também do funcionamento do programa. O serviço estará completando um ano de funcionamento em outubro próximo e em breve publicaremos mais notícias do programa.

equipe técnica de Dependência Química do Bairral

Dr. Ronaldo Laranjeira juntamente com a equipe técnica de Dependência Química do Bairral

Incentivo a Pesquisa

A Fundação Espírita Américo Bairral, através do Instituto Bairral de Psiquiatria, vem incentivando inúmeras pesquisas. Entre elas, destacamos o trabalho capitaneado pelo neuropsicólogo da USP, Dr. Júlio Fernando Prieto Peres. O estudo intitulado “Neurofisiologia da Mediunidade: estudo com SPECT” teve sua fase principal realizada na Universidade da Pensilvânia (Hospital of University of Pennsylvania), nos Estados Unidos. Os resultados preliminares foram apresentados no Congresso Mundial da Society of Nuclear Medicine. Recentemente foram novamente discutidos no 53re Annual Convention of the Paraopsychological Association em Paris – França.

Semelhante apresentação foi destinada aos membros dos Conselhos Diretor e Curador da Fundação. Dentro do mesmo espírito, temos outras pesquisas em andamento com colaboração substancial do Bairral. Neste mês estaremos patrocinando o I Simpósio Internacional “Explorando as Fronteiras da Relação Mente-Cérebro”, a realizar-se no Centro de Convenções Rebouças na USP em São Paulo. Presenças confirmadas de pesquisadores renomados como Peter Fenwick (Inglaterra), Erlendur Haraldsson (Islândia) e Mario Beauregard (Canadá) entre outros.

Página 143 de 146« Primeira...102030...141142143144145...Última »

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1