Arquivo

Evento “A psiquiatria Forense na Prática Clínica” foi Sucesso de Público e de Conteúdo

Na manhã de 24 de setembro estiveram reunidas mais de 80 pessoas no Centro de Educação Continuada do Instituto Bairral de Psiquiatria para discutir algumas das aplicabilidades da psiquiatria forense no dia-a-dia dos profissionais de saúde e dos operadores do Direito. O objetivo foi atualizar os associados do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab) e outros presentes sobre o que vem a ser a psiquiatria forense, uma vez que muitos ainda desconhecem esta área de especialização, a qual lida com a interface entre lei e psiquiatria. Os psiquiatras forenses trabalham com tribunais, onde, a pedido da Justiça, avaliam a capacidade de pessoas para atos da vida civil e também a capacidade de serem responsabilizadas criminalmente. A psiquiatria forense atua nos casos em que existe qualquer dúvida sobre a integridade ou a saúde mental dos indivíduos, em qualquer área do Direito, buscando esclarecer à Justiça se há ou não a presença de um transtorno ou enfermidade mental e quais as implicações da existência ou não de um diagnóstico psiquiátrico, por exemplo.

Para esse encontro o Cepab convidou o Dr. Marcelo Ortiz de Souza, psiquiatra e Diretor Técnico do Instituto Bairral, que fez uma explanação sobre o tema “O estado da arte da psiquiatria forense do Brasil e no mundo”. Em sua fala mostrou a evolução histórica da psiquiatria no mundo e como a psiquiatria forense foi sendo construída dentro desse cenário, e chamou a atenção para o primeiro caso conhecido da história em que o judiciário francês solicitou a presença de um psiquiatra para opinar sobre um indivíduo que havia cometido um crime e avaliar o seu estado mental. Em seguida, o Dr. Rafael Lopes, que é psiquiatra com residência e título de especialista na área de psiquiatria forense, atual colaborador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psiquiatria Forense e Psicologia Jurídica (Nufor) do Instituto de Psiquiatria (IPq) da Faculdade de Medicina da USP, e também médico do corpo clínico do Instituto Bairral, ministrou duas palestras; a primeira abordou “As internações involuntárias e compulsórias no Estado de São Paulo: lições aprendidas e boas práticas”, na qual discorreu, por meio de exemplos práticos, sobre a execução da Lei 10.216, do Estatuto do Idoso, do Estatuto da Criança e do Adolescente e da nova Lei de Drogas no Brasil; a segunda palestra versou sobre a avaliação da responsabilidade penal de indivíduos, também ilustrando com casos conhecidos da mídia nacional e internacional.

A diretoria do Cepab, uma das federadas da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), agradece os participantes pela presença e principalmente os dois palestrantes, pela generosidade e disponibilidade em compartilhar seus saberes com todos os que estiveram presentes.

Dr. Marcelo Ortiz de Souza, psiquiatra e Diretor Técnico do Instituto Bairral.

Dr. Marcelo Ortiz de Souza, psiquiatra e Diretor Técnico do Instituto Bairral.

Dr. Rafael Lopes, que é psiquiatra com residência e título de especialista na área de psiquiatria forense, juntamente com Dr. Marcelo Ortiz Ortiz de Souza.

Dr. Rafael Lopes, que é psiquiatra com residência e título de especialista na área de psiquiatria forense, juntamente com Dr. Marcelo Ortiz de Souza.

CAPS II Recebe sua Primeira Visita

Em 30 de setembro o CAPS II “Onofre Batista” recebeu sua primeira visita técnica, realizada pelo Grupo da Fraternidade “Irmão Altino”, do município de Guaratinguetá (SP), cuja atuação compreende os serviços de um CAPS II e de um Hospital-Dia. Compareceram 12 pessoas da equipe técnica multiprofissional do serviço de saúde mental do Grupo, lideradas pela coordenadora técnica Isabel A. da Silva Morais e incluindo 2 psicólogos, 2 enfermeiras, 3 técnicos de enfermagem, 2 terapeutas ocupacionais e 1 assistente social. Os visitantes foram acolhidos pela enfermeira Danieli Cristina Bellini, coordenadora técnica do CAPS II “Onofre Batista”, e pela respectiva equipe multiprofissional. O objetivo da visita foi um benchmark, uma prática muito utilizada nos dias atuais em busca de melhoria da qualidade organizacional, implantação de novas práticas, facilitações para o processo de mudanças, novas ideias, ciclos de aprendizagem e melhoria contínua. A equipe do CAPS II “Onofre Batista” utilizou a estratégia de formar grupos de acordo com as áreas pertinentes para que a visita ocorresse de forma assertiva e produtiva. Os visitantes tiveram oportunidade de conhecer nosso processo de trabalho atual, projetos terapêuticos, dinâmicas de trabalho e o espaço físico, demonstrando satisfação e gratidão pela oportunidade.

Primeira visita técnica ao CAPSII "Onofre Batista", realizada pelo Grupo da Fraternidade “Irmão Altino”, do município de Guaratinguetá (SP).

Primeira visita técnica ao CAPSII “Onofre Batista”, realizada pelo Grupo da Fraternidade “Irmão Altino”, do município de Guaratinguetá (SP).

A Psiquiatria e a Medicina do Trabalho

A interface entre a medicina do trabalho e a psiquiatria foi o tema de mais um encontro do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), uma das federadas da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), que ocorreu no dia 28 de setembro. Desta feita, a diretoria do Cepab utilizou o recurso da videconferência como forma de aproximar pessoas e conhecimento. O palestrante convidado foi o Dr. Marcos Henrique Mendanha, de Goiânia (GO), médico do trabalho, professor, advogado e coordenador do Centro Brasileiro de Pós-Graduações (Cenbrap). Ele iniciou sua fala mostrando o panorama atual das doenças mentais que têm uma estreita relação com altos índices de causa de afastamento do trabalho e pedidos junto ao INSS, entre elas a depressão, o stress pós-traumático e a síndrome de burnout; nesse contexto de esgotamento fez uma breve apresentação da síndrome de Karoshi, que quer dizer “morte por excesso de trabalho”, expressão oriunda do idioma japonês e da cultura de um povo tradicionalmente bastante afeito ao trabalho. Além disso, mostrou profissões com maiores chances de adoecimento mental ocupacional, como algumas da área da saúde, da educação, de bancos e de telemarketing. Também detalhou conceitos e atualização sobre acidentes do trabalho, doenças ocupacionais, nexo causal entre os sintomas e a atividade laboral, legislação, readaptação e perícias trabalhistas. Os participantes interagiram com o palestrante e fizeram-lhe perguntas, esclarecendo dúvidas e compartilhando experiências. A médica psiquiatra Dra. Alessandra Diehl, presidente do Cepab, agradeceu a generosidade do Dr. Marcos Mendanha, que se disponibilizou a colaborar conosco naquela data mesmo apesar de  se encontrar nas vésperas de seu casamento, que sabidamente é uma época de muitos preparativos, e desejou-lhe muitas alegrias e realizações na nova vida a dois.

Participantes da videoconferência do Cepab.

Participantes da videoconferência do Cepab.

Obesidade e Saúde Mental

Em 5 de outubro a educadora física Daniele Colosso (coordenadora de educação física no Instituto Bairral) e o Dr. Iúri Barbieri (médico do terceiro ano da residência médica em psiquiatria do Bairral) foram os palestrantes do tema “Obesidade e saúde mental“ em encontro do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), uma das federadas da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Ambos ressaltaram que a obesidade atingiu hoje níveis epidêmicos em vários países do mundo; no Brasil, a prevalência de obesidade está em torno de 17%, segundo dados do sistema Vigitel  (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) de 2014. Chama a atenção o fato de que as taxas de sobrepeso são ainda maiores, atingindo mais de 50% das mulheres e 43% dos homens, uma vez que uma em cada duas pessoas hoje, no mundo, está acima do peso ideal. Também comentaram que a obesidade é uma doença complexa e que tem multifatores etiológicos em sua origem, mas principalmente aqueles relacionados à mudança de hábitos da população frente a um mundo contemporâneo que padece dos excessos, aliado é claro, ao sedentarismo. Daniele mostrou dados preliminares de pesquisa que realizou com dependentes químicos internados, mostrando que, mesmo com exercícios físicos 6 vezes por semana, uma parcela maior que 1/3 ganhou peso durante a internação. Já o Dr. Iúri destacou que a obesidade tem estreita relação com a saúde mental, principalmente com quadros de ansiedade, compulsões alimentares periódicas, transtornos de personalidade e outras adicções. Tanto a educadora física Daniele Colosso como o médico Dr. Iúri Barbieri ressaltaram que, apesar dos dados alarmantes sobre a obesidade e todas as implicações negativas para a saúde pública que ela carrega, tais como infarto agudo do miocárdio, outras doenças cardíacas e dislipidemias, entre outras, é possível vencê-la com a ajuda de diversas ferramentas que visam principalmente à reeducação alimentar, o treinamento físico e o apoio psicológico, nutricional e psiquiátrico em um trabalho de paciência, dedicação, determinação, foco e motivação em equipe multiprofissional.

Prof. Daniele Colosso, educadora física e coordenadora técnica da educação física no Bairral.

Prof. Daniele Colosso, educadora física e coordenadora técnica da educação física no Bairral.

R3 Dr. Iuri Barbieri

R3 Dr. Iuri Barbieri

Prof. Daniele Colosso, Dr. Iuri Barbieri, Dr. Lucas Passos Theodoro (médico do 4 AF), Dra. Alessandra Diehl (atual presidente do CEPAB) entre os residentes e membros da equipe do CAPSII do Bairral.

Prof. Daniele Colosso, Dr. Iuri Barbieri, Dr. Lucas Passos Theodoro (médico do 4 AF), Dra. Alessandra Diehl (atual presidente do CEPAB) entre os residentes e membros da equipe do CAPSII do Bairral.

Setor de Educação Física Presente no IPQ 2016

Em 30 de setembro os professores de educação física do Instituto Bairral acompanharam gratuitamente o evento “IPq de Portas Abertas 2016”, atividade promovida pelo Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo (SP). Foi um acontecimento de sucesso, desenvolvido das 8h00 às 17h00, no qual foram apresentadas palestras por mestres e doutores de todas as áreas com vários temas relacionados à saúde mental.

Os professores de educação física José Renato Ferreira, Themis Ferreira e Bruno Pompeo e o monitor de esportes Michael Fracarolli, integrantes das equipes multiprofissionais do Instituto Bairral, presenciaram as palestras “Atividade física em Psiquiatria” e “Atividade física aplicada à saúde mental: dinâmica terapêutica”, que incluíram uma parte prática na quadra de esportes do IPQ. Participaram também de dinâmicas de grupo com o objetivo de entender as dificuldades dos pacientes com transtornos mentais na realização de uma atividade física. No final, trocaram informações com os palestrantes sobre essa categoria específica de atividades físicas, trazendo uma expressiva bagagem de conhecimentos para aplicação nas aulas de educação física dos pacientes do Instituto Bairral.

Página 30 de 141« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1