Arquivo

Projeto “Muralha de Escudos”

Entre os dias 22 e 28 de maio de 2019, Maurício Landre, assistente social e especialista em dependência química pela Unifesp e Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota, esteve presente como palestrante, nos dias 22 e 23 de maio, na Comunidade Terapêutica Missionária Nova Jericó, em Marechal Deodoro (Alagoas), no evento “Muralha de Escudos”, realizado no período de 22 a 28 de maio, o qual teve a participação de 35 acolhidos em recuperação e em fase de reinserção social, com o objetivo de auxiliá-los a dar continuidade ao processo de reabilitação, mantendo a abstinência e vivendo em sociedade de forma protegida.

A ideia do evento partiu do missionário Anderson, formado em psicologia, que percebeu a dificuldade que alguns acolhidos recuperados encontravam quando retornavam à sociedade. O nome “Muralha de Escudos” faz referência aos vickings e como eles desenvolveram uma técnica de defesa e ataque pela qual, mesmo estando em menor número, juntos conseguiam sucesso nas batalhas.

A ideia é essa: juntos, mesmo em menor número, os recuperados podem vencer as batalhas das dificuldades, crises, relacionamentos novos, antigos ou difíceis, lidar com o sucesso, com o fato de não beber ou usar e ser o “diferente” na cultura social atual.

Para cada dia da semana foi apresentada uma estratégia, uma valor, uma “Muralha” que, bem utilizada, pode ajudar no processo de manutenção da recuperação. São 7 as “Muralhas”, a saber: 1ª) Espiritualidade; 2ª) Convivência; 3ª) Serviço; 4ª) Família; 5ª) Grupo; 6ª) Disciplina; 7ª) Autoconhecimento.

A Comunidade Terapêutica Missionária Nova Jericó pretende dar continuidade ao projeto, entendendo que os acolhidos egressos das CTs necessitam de acompanhamento e orientação para lidar com essa nova etapa do processo de reabilitação como um todo.

Deixe seu comentário