Arquivo

Posts Tagged ‘Brasil’

Palestra sobre autismo

Estima-se que no Brasil existam dois milhões de autistas; a maioria deles não foi identificada e não segue nenhum tratamento. Abril foi o mês de conscientização do autismo. O Instituto Bairral participou desse movimento promovendo uma palestra com o objetivo de compartilhar com o público em geral informações sobre como identificar uma criança do espectro do autismo.

A palestra foi realizada no dia 9 de abril, no auditório do hospital, abordando o tema Identificação e intervenção precoce em transtornos do espectro do autismo (TEA)”, e foi ministrada pela Dra. Taís Silveira Moriyama, médica psiquiatra da infância e adolescência pertencente ao corpo clínico do Bairral, tendo sido presenciada por cerca de aproximadamente 160 pessoas.

Palestrante Dra. Taís Silveira Moriyama.

Palestrante Dra. Taís Silveira Moriyama.

Público durante participação na palestra.

Público durante participação na palestra.

1º Congresso Internacional de Saúde e Espiritualidade

Com representantes de 132 cidades de 19 estados do Brasil e uma delegação de pesquisadores de Angola, totalizando 600 participantes, realizou-se nos dias 16 e 17 de março último, na cidade de Juiz de Fora (MG), o 1º Congresso Internacional de Saúde e Espiritualidade.

A organização, com coordenação geral do Prof. Dr. Alexander Moreira-Almeida, esteve a cargo do NUPES – Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade da Universidade Federal de Juiz de Fora – UFIJ. A grande atração internacional foi o Dr. Kenneth Pargament, da Bowling Green State University (E.U.A.). Com brilhantes apresentações, o Dr. Pargament brindou os presentes com um curso de abertura versando sobre “Psicoterapia integrada religiosidade/espiritualidade”, além de duas conferências igualmente densas de conhecimento, “Coping religioso e espiritual na prática clínica” e “Lidando com conflitos religiosos”. A programação completou-se com grandes pesquisadores nacionais da própria Universidade Federal de Juiz de Fora, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, da Faculdade de Medicina da USP e do Hospital do Câncer de Barretos (SP). O Bairral, um dos patrocinadores master do conclave, esteve representado pelo Diretor Superintendente Nivaldo José Caliman e pelos médicos psiquiatras Drs. Aldo Cabrera Casarotto, Milan Patrício Bata Mitrovitch e Rafael do Nascimento Manrique.

Segundo os organizadores, o evento terá uma segunda edição em 2019, agora com ênfase na área de pesquisa em espiritualidade.

Dr. Alexander Moreira Almeida da UFJF e Nivaldo José Caliman - Diretor Superintendente do Bairral.

Dr. Alexander Moreira Almeida da UFJF e Nivaldo José Caliman – Diretor Superintendente do Bairral.

Representantes do Bairral ao I CONUPS em Juiz de Fora MG.

Representantes do Bairral ao I CONUPS em Juiz de Fora MG.

Dr. Kenneth Pargament, a grande atração.

Dr. Kenneth Pargament, a grande atração.

Apresentação I Conups.

Apresentação I Conups.

Nivaldo Caliman - Diretor Superintendente e os psiquiatras Milan Mitrovith, Aldo Casarotto e Rafael Manrique.

Nivaldo Caliman – Diretor Superintendente e os psiquiatras Milan Mitrovith, Aldo Casarotto e Rafael Manrique.

Cerca de 600 inscritos.

Cerca de 600 inscritos.

A Psiquiatria Forense na Prática Clínica

Cartaz - Psiquiatria Forense 24-09-2016

“Setembro Amarelo”: o mês em que se alerta para a prevenção do suicídio

Inicia-se agora em setembro uma importante campanha de prevenção ao suicídio, conhecida por “ Campanha do Setembro Amarelo”. No Brasil, esta ideia tem recebido o apoio incansável e sistemático da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e de suas federadas. Seu objetivo principal é aumentar a consciência da importância do suicídio e das tentativas de suicídio para a saúde pública, para fazer da prevenção do suicídio uma prioridade maior na agenda global de saúde pública, encorajar e apoiar ações que promovam a prevenção do suicídio de forma abrangente com estratégias e abordagens multissetoriais. Alguns fatos importantes relacionados com este tema referem-se sobretudo a números alarmantes: mais de 800.000 pessoas morrem por suicídio todos os anos. Para cada suicídio há muito mais pessoas que tentam suicídio a cada ano. A tentativa de suicídio prévia é o fator de risco mais importante para o suicídio na população em geral. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos. 75% dos suicídios globais ocorrem em países de baixa e média renda. A ingestão de pesticidas, enforcamento e armas de fogo estão entre os métodos mais comuns de suicídio global.

O Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), como uma das federadas da ABP, também se organizou com ações para lembrar e promover a campanha. Entre tais ações estão previstas a distribuição de um pequeno laço amarelo para funcionários do Instituto Bairral, o qual irá simbolizar para cada indivíduo a mensagem “Eu abraço esta causa”, assim como palestras multidisciplinares e interdisciplinares e desenvolvimento de material educativo para o dia 10 de setembro, no qual é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suícidio.

A Dra. Alessandra Diehl, médica psiquiatra do Instituto Bairral e atual presidente do Cepab, diz que “os suicídios são evitáveis e existem intervenções eficazes, sim”. Ela comenta que “em primeiro lugar, é importante realizar a identificação e o tratamento da depressão e transtornos pelo uso de álcool de forma precoce, porque estas são ações fundamentais para a prevenção do suicídio”. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam o contato e o seguimento com aqueles que já tentaram o suicídio e o apoio psicossocial em comunidades. Igualmente importantes são intervenções eficazes junto à população com o objetivo de reduzir o acesso aos meios de suicídio, adotar informação responsável do suicídio pela mídia e introduzir políticas de consumo de álcool para reduzir o uso nocivo do mesmo. Do ponto de vista dos sistemas de saúde, é imperativo incorporar a prevenção do suicídio como um componente central e de suma importância.

Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio: “Eu abraço esta causa”.

Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio: “Eu abraço esta causa”.

Bairral participa de Curso MAPHO

Nos dias 12 e 13 de maio o fisioterapeuta Felipe R. Pereira de Souza representou o Instituto Bairral no curso realizado no Instituto ISI, em Campinas, sobre o Método MAPHO (Movimentação Adequada de Pacientes Hospitalizados), treinamento de capacitação que no Brasil é levado a efeito pela Escola Ocra Brasiliana. O curso foi ministrado pelos professores italianos Olga Menoni e Natale Battevi, com participação dos professores brasileiros Ruddy Facci e Edoardo Santino.

A metodologia MAPHO tem como principais objetivos, dentro do ambiente hospitalar, avaliar os riscos dos esforços no manuseio e levantamento de pacientes acamados, propor melhorias das condições de trabalho e prevenção de lombalgias e acidentes de trabalho entre os trabalhadores da saúde.

Participaram do curso fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em segurança do trabalho, gestores hospitalares e o procurador do Ministério Público do Trabalho. Foi um evento instrutivo, que irá trazer benefícios para os trabalhadores na medida em que estimulou o olhar ergonômico dos profissionais para avaliação e orientações no ambiente de trabalho.


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1