Arquivo

Posts Tagged ‘depressão’

O que tem acontecido no campo das pesquisas no Instituto Bairral

Na última reunião do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab) do ano de 2017, realizada no dia 19 de dezembro, a médica-residente R1 Dra. Júlia Grossi, assessorada pelos Drs. Acioly Lacerda, Elias Ajub Neto e Marcelo Adelino Pinheiro, apresentou o andamento e os resultados das pesquisas científicas que têm sido desenvolvidas no Instituto Bairral como fruto da parceria com o Instituto Sinapse. Cabe destacar as pesquisas com usuários de crack e sobre áreas como espiritualidade, comportamentos sexuais, violência e internações compulsórias, assim como sobre a cetamina, envolvendo pacientes com depressão refratária. O Instituto Bairral é imensamente grato ao Dr. Acioly Lacerda, que lidera o Centro de Pesquisas Sinapse-Bairral e muito tem contribuído para agregar todos estes saberes e fazer do Bairral cada vez mais um lugar de destaque no cenário de pesquisas inovadoras.

Dr. Elias Ajub Neto fazendo a introdução geral sobre o tema das pesquisas no IBP.

Dr. Elias Ajub Neto fazendo a introdução geral sobre o tema das pesquisas no IBP.

Dra Julia Grossi apresentando os dados de pesquisa realizada do IBP .

Dra Julia Grossi apresentando os dados de pesquisa realizada do IBP .

Instituto Bairral é reconhecido pela FAPESP como Instituição de Pesquisa

É com muita alegria e satisfação que compartilhamos a informação de que a FAPESP – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo aceitou o cadastro do Instituto Bairral como instituição de pesquisa na plataforma SAGe (“Sistema de Apoio à Gestão”). Agora, os pesquisadores de todo o Estado podem indicar o Bairral como instituição coordenadora ou participante em pesquisas financiadas pela FAPESP. Todos os pesquisadores do Bairral, em contrapartida, podem e devem tentar submeter seus projetos, bem como utilizar o nome de nossa instituição junto à FAPESP.

Essa foi mais uma iniciativa do Centro de Pesquisas Sinapse-Bairral, parceria realizada entre o Instituto Bairral e o Instituto Sinapse, coordenado pelo Prof. Dr. Acioly Luiz Tavares de Lacerda, o qual realiza e publica pesquisas acadêmicas exclusivas e em conjunto com diversas instituições renomadas: UNIFESP, USP, UNICAMP, dentre outras. Elabora desde revisões da literatura, relatos de casos até ensaios clínicos de ponta que estão na fronteira do conhecimento científico da atualidade nos mais variados temas da psiquiatria e neurociências: esquizofrenia, dependência química, depressão, Alzheimer. Atualmente possui 5 alunos de mestrado e conta com uma forte parceria junto à residência médica em psiquiatria do Instituto Bairral.

Conquistas como essa nos dão a certeza de que o Bairral, uma Instituição com 80 anos de tradição e pioneirismo, se consolida a cada dia como um complexo de excelência em saúde mental, onde a assistência, o ensino e a pesquisa científica caminham de mãos dadas rumo ao bem-estar mental, em concordância com as tendências mais modernas e atuais da Psiquiatria no mundo.

Palestra “Fique por dentro do que há de novidade no uso de fármacos glutamatérgicos no tratamento da depressão”

No último dia 19 de agosto, o Instituto Bairral de Psiquiatria realizou uma palestra com o tema “Depressão e via glutamatérgica: o que há de novo?”. Na referida palestra, o Dr. Acioly Lacerda, Professor do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e Coordenador de Centro de Pesquisa e Ensaios Clínicos Sinapse-Bairral, apresentou os mais recentes avanços no tratamento da chamada Depressão Resistente. Apesar de dispormos de mais de 20 medicamentos aprovados para o tratamento da Depressão, vários estudos mostram que cerca de 50% destes pacientes não melhoram com tais tratamentos, sendo, portanto, portadores de Depressão Resistente. Na palestra foram apresentados os mais recentes estudos com o uso de Quetamina para o tratamento da Depressão Resistente, dados que incluíram a experiência pioneira do Centro de Pesquisas Sinapse-Bairral que desenvolveu a técnica de aplicação subcutânea, tornando o tratamento ainda mais efetivo e seguro. O Dr. Acioly apresentou os dados do Consórcio Brasileiro de Clínicas de Quetamina, coordenado pelo Instituto Bairral, o qual conta com a experiência de cerca de 2.000 infusões de Quetamina, uma das maiores do mundo. Os dados apresentados confirmam uma melhora de cerca de 85% dos pacientes com Depressão Resistente após o tratamento com Quetamina, que seguramente representa a maior revolução no tratamento da Depressão nas últimas 5 décadas.

Palestra “Fique por dentro do que há de novidade no uso de fármacos glutamatérgicos no tratamento da depressão”.

Palestra “Fique por dentro do que há de novidade no uso de fármacos glutamatérgicos no tratamento da depressão”.

Palestra “Fique por dentro do que há de novidade no uso de fármacos glutamatérgicos no tratamento da depressão”.

Projeto Aula-Convite

No dia 25 de julho, no Centro de Educação Continuada do Instituto Bairral de Psiquiatria, foi realizada mais uma Aula-Convite, neste mês com o tema Tristeza x Depressão.

A aula, ministrada pelo Dr. Mauro Victor de Medeiros Filho, foi dinâmica e interativa e contou com a participação intensa dos presentes, os quais puderam expor seu entendimento com relação à tristeza e à depressão.

O Dr. Mauro conceituou de maneira bastante clara os dois estados de espírito e comentou os mecanismos de ambos e as principais diferenças entre eles. Pode-se destacar alguns deles: a intensidade do sintoma, a duração e curso do mesmo, se é um sintoma pervasivo (que aparece em diversos ambientes, como em casa, no trabalho, nos relacionamentos sociais), se causa alterações vegetativas importantes (sono, apetite, energia, auto-cuidado), se altera a psicomotricidade e provoca alterações cognitivas (lentidão, baixa responsividade, diminuição da concentração, da memória e funções executivas), além da visão e prospecção do futuro. Por fim, explanou os prejuízos acarretados para o indivíduo com a depressão.

A aula foi bastante enriquecedora e ilustrada com exemplos clássicos, possibilitando entendimento mais consistente sobre o tema. Um novo encontro Aula-Convite está previsto para o mês de agosto.

Dr. Mauro Victor de Medeiros Filho

Dr. Mauro Victor de Medeiros Filho

Patologia em Foco: Depressão

A depressão é um transtorno do humor grave e frequente. É uma doença que necessita ser identificada, diagnosticada e tratada; não é um problema de caráter, falta de vontade ou indolência. É uma doença com sintomas físicos e psíquicos bastante claros e intensos que ocorrem sem que haja um motivo desencadeante.

A tristeza é um sentimento humano normal decorrente de uma frustração, perda ou fracasso, que não compromete a capacidade de raciocinar e desempenhar as atividades diárias normais, como ocorre na depressão.

Podemos dizer que a depressão é uma “tristeza patológica”.

Sintomas da depressão:

  • Humor deprimido;
  • Perda de interesse e prazer em quase tudo;
  • Fadiga ou perda de energia (cansaço);
  • Alterações do apetite e do peso (para mais ou para menos);
  • Sonolência ou insônia;
  • Agitação ou retardo psicomotor;
  • Baixa autoestima e culpa;
  • Dificuldade de concentração;
  • Dificuldades sociais e no trabalho;
  • Irritabilidade;
  • Idéias de suicídio;
  • Diminuição da libido (apetite sexual).

A depressão acomete cerca de 10 – 15% da população. É duas vezes mais frequente em mulheres. Inicia-se dos 20 aos 40 anos.

Fatores genéticos e familiares aumentam a ocorrência em até 3 vezes. Pessoas separadas ou divorciadas apresentam índices maiores de depressão.

Tratamento:

  • Existem vários tratamentos para a depressão.
  • O esquema mais eficaz é associar antidepressivos e psicoterapia.
  • Outra possibilidade é associar eletroconvulsoterapia com antidepressivos (eficaz em pacientes suicidas).

Consequências de NÃO tratar a depressão:

  • Suicídios (30 a 35 mil por ano);
  • Acidentes fatais;
  • Diminuição da imunidade (infecções, câncer);
  • Infarto do miocárdio (4 vezes mais frequente);
  • Perda de emprego;
  • Abuso de drogas;
  • Morte precoce.

No Instituto Bairral, o tratamento dos pacientes deprimidos é feito através do SUS, convênios e particular (setores: Vivenda e Mirante), por equipe multiprofissional.

O Instituto possui serviço de ECT – Eletroconvulsoterapia com anestesista e agendamento telefônico.

_

Autor:

Dr. Marcos Lee Citti M.D.

Especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria

Dr. Marcos Lee

Dr. Marcos Lee


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1