Arquivo

Posts Tagged ‘medicos residentes’

Bairral promove sua primeira reunião científica

Em 5 de fevereiro o Instituto Bairral promoveu sua primeira reunião científica entre os médicos psiquiatras e médicos-residentes do hospital. Essa atividade prevê encontros mensais para discussão de casos clínicos que trazem dúvidas diagnósticas ou na condução terapêutica, ou ainda casos que se destaquem pela raridade ou pelo caráter didático.

O primeiro encontro se propôs a discutir, na área de dependências químicas, a “hiperêmese canábica”. Trata-se de uma síndrome rara, que pode ser letal e cursa com episódios de vômitos intensos e cíclicos em pacientes com uso semanal ou diário de maconha.

Com ilustração de um caso clínico do setor Mirante, sob a supervisão do Dr. Elias Ajub Neto, as médicas-residentes Dras. Ana Laura Miranda, Júlia Grossi e Michele Scheeren apresentaram artigos que falam sobre o assunto e discutiram os possíveis mecanismos fisiopatológicos que explicam as características peculiares da síndrome, como a melhora dos vômitos com banhos quentes e com uso de creme de capsaicina, isto é, creme feito à base de pimenta.

A discussão foi enriquecida pelo médico psiquiatra Dr. Sérgio Gibelli Júnior, que há 25 anos estuda medicina canabinoide e hoje é diretor médico da Hemp Meds Brasil, laboratório pioneiro na importação de óleos à base de canabinoides para o país. Também abrilhantou a discussão o biotecnólogo Gabriel Barbosa, doutorando na Unicamp e estudioso do sistema endocanabinoide.

A atividade promoveu conhecimento e proporcionou contato dos médicos do Bairral com uma condição rara e prevenível, importante para a saúde pública, mas ainda muito pouco conhecida, cujo principal tratamento é a cessação completa do uso de maconha.

Dr. Elias, junto as Médicas Residentes, Dra. Michele, Dra. Júlia e Dra. Ana Laura.

Dr. Elias, junto as Médicas Residentes, Dra. Michele, Dra. Júlia e Dra. Ana Laura.

Articulação da rede de saúde e matriciamento

No dia 26 de janeiro a equipe técnica do CAPS II “Onofre Batista” – um serviço do Instituto Bairral de Psiquiatria –, representada pelo médico psiquiatra Dr. Milan Mitrovitch, pelos médicos-residentes do terceiro ano Drs. Flávio de Barros e Alfredo Piacentin, pela assistente social Fernanda Castilho e pela enfermeira Danieli Bellini, promoveu o primeiro treinamento destinado aos médicos, psicólogos e enfermeiros da Rede Primária Municipal de Saúde sobre os modelos de guidelines para tratamento das comorbidades depressão maior e ansiedade. Este foi o primeiro encontro de uma programação que se desenvolverá no decorrer do ano. O público alvo foi bastante participativo durante o evento, trazendo dúvidas e apresentando sugestões.

O objetivo maior dessa iniciativa foi promover a articulação da Rede Primária de Saúde com a Rede de Saúde Mental do município, com a finalidade de qualificar a promoção da assistência aos usuários nos serviços de atendimento. Atualmente, a equipe de saúde mental do CAPS II “Onofre Batista” realiza o matriciamento dos casos assistidos pelo médico clínico municipal diretamente nos postos de saúde do município, para auxiliar na elaboração de um programa terapêutico singular, proporcionando qualidade médica na assistência à saúde mental.

Profissionais da Rede Primária Municipal de Saúde durante a reunião no Bairral.

Profissionais da Rede Primária Municipal de Saúde durante a reunião no Bairral.

Profissionais da Rede Primária Municipal de Saúde durante a reunião no Bairral.

Profissionais da Rede Primária Municipal de Saúde durante a reunião no Bairral.

Pôsteres do Instituto Bairral foram aceitos para o XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria da ABP

Estamos todos orgulhosos pelo excelente resultado da produção científica produzida pelos médicos-residentes de psiquiatria do Instituto Bairral e seus preceptores para o XXXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria, evento promovido pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) que será realizado entre 16 e 19 de novembro de 2016 na cidade de São Paulo (SP). Ao todo foram treze pôsteres aceitos para exposição, versando sobre temas variados tais como casos clínicos de difícil manejo ou mais raros, sexualidade, codependência, Síndrome de Cotard e Lei Maria da Penha e a Saúde, entre outros. Também foi selecionado o documentário intitulado “Destinos Incertos” para a etapa final da III Mostra Competitiva de Vídeos do referido congresso; a partir da ótica do portador de transtorno mental, de seus familiares e de psiquiatras experientes da área, os seus autores abordaram os principais efeitos colaterais da reforma psiquiátrica e as dificuldades de reinserção em residências terapêuticas atualmente, fazendo paralelo com outros países, principalmente com a Itália, que serviu de inspiração fenomenológica para este movimento no Brasil. Os funcionários do Bairral parabenizam os médicos residentes e seus preceptores e desejam-lhes boa sorte e que voltem novamente com o prêmio para esta casa!

Médicos R-1 do Bairral participam de evento internacional na UNIFESP

No dia 1.° de fevereiro os médicos-residentes do primeiro ano de psiquiatria do Instituto Bairral participaram, juntamente com a médica psiquiatra Dra. Alessandra Diehl, preceptora da residência e médica assistente do 4.° andar da Seção Masculina (Prédio Central – Pacientes SUS), do evento internacional intitulado “Meeting on Brazilian studies related to ICD-11 Mental and Behaviour Disorders: Brazilian and International Researchers and Post- Graduate Students”, realizado no Auditório Leitão da Cunha da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), na capital paulista. O encontro teve como principal chair o psiquiatra Dr. Jair de Jesus Mari, do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP, e contou com a participação de pesquisadores de várias capitais (São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre) e de outros países, como México, Líbano, Estados Unidos, Canadá, Nigéria, Cuba, Chile e Espanha, os quais vieram ao Brasil para apresentar dados preliminares de estudos de campo sobre as propostas da CID-11 relacionados aos transtornos mentais e comportamentais.

Entre os destaques do evento esteve a apresentação da Dra. Sarah Morris sobre as razões para a utilização também de futuras nosologias psiquiátricas captadas pelo Research Domain Criteria (RDoc), o qual vem sendo desenvolvido principalmente pelo U.S.National Institute of Mental Health (NIMH) com o objetivo de propor novas maneiras de classificar as doenças mentais com base em dimensões do comportamento e medidas neurobiológicas, com a finalidade de promover maior confiabilidade aos diagnósticos em psiquiatria, visto que ainda existe uma baixa concordância entre os profissionais da área. Também merecem realce os estudos em atenção primária desenvolvidos na América Latina, bem como sobre transtornos alimentares, saúde sexual e condições relacionadas e do espectro autista, evidenciando a necessidade de ampliação de estudos clínicos em todas essas áreas a fim de aperfeiçoar o diagnóstico e, sobretudo, promover maior acesso a diagnóstico e subsequente tratamento daqueles indivíduos afetados e preferencialmente de forma mais precoce.

Os residentes do Bairral relataram que a experiência dessa participação foi extremamente valiosa, pois receberam atualizações dos temas mencionados que tendem a reverter em melhor diagnóstico para seus pacientes na prática clínica; e mencionaram também como foi valiosa a oportunidade de estar em contato com pesquisadores renomados, abrindo novos caminhos para jovens pesquisadores ampliarem sua atuação científica.

Na foto: R1 Dr. Leonardo Afonso Santos, R1 Dr. Alfredo Piacentin, Dr. Geoffrey Reed, Dr. Jair de Jesus Mari, Dra. Alessandra Diehl, R1 Dra. Maria Elisa Bezerra e R1 Dr. Alexandre Tzermias.

Na foto: R1 Dr. Leonardo Afonso Santos, R1 Dr. Alfredo Piacentin, Dr. Geoffrey Reed, Dr. Jair de Jesus Mari, Dra. Alessandra Diehl, R1 Dra. Maria Elisa Bezerra e R1 Dr. Alexandre Tzermias.

Médicos-Residentes do Bairral concorrerão a prêmio

Com o tema “Eletroconvulsoterapia: mitos e verdades”, os médicos-residentes do segundo ano de Psiquiatria do Instituto Bairral foram selecionados para participar da final da II Mostra Competitiva de Vídeos do XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria promovido pela Associação Brasileira de Psiquiatria, que será realizado de 4 a 7 de novembro p.f. em Florianópolis (SC). A ideia de fazer um documentário sobre a eletroconvulsoterapia surgiu de uma conversa informal dos médicos-residentes com a psiquiatra e preceptora da Residência Médica do Instituto Bairral, Dra. Viviane Franco, que os incentivou a participar da competição tentando levar um tema que pudesse ser ao mesmo tempo relevante do ponto de vista científico e que tivesse um alcance social em desmistificar o procedimento da eletroconvulsoterapia, visto que ainda nos dias atuais esta ferramenta tão útil no arsenal terapêutico da psiquiatria sofre de preconceito e desinformação, sendo muitas vezes retratada pela mídia como “um método de tortura” e “agressivo” para os portadores de doença mental grave. Participaram da elaboração a Dra. Érica Maia, que cuidou da direção do filme e da pesquisa do tema, a Dra. Anita Fonseca, roteirista, o Dr. Rafael Mairinque, redator do texto, e os Drs. Aldo Casarotto, Iuri Barbieri Dominici e Murilo Galvão, que cuidaram da edição do vídeo. Para a R2 Érica Maia, “o vídeo tem por finalidade atingir o púbico leigo e não o especialista da área; além disso, acredito ser esta uma excelente oportunidade para divulgar um importante instrumento terapêutico da Psiquiatria que segue sofrendo com inverdades e descrédito”. Os funcionários do Bairral parabenizam os médicos-residentes do segundo ano pela iniciativa, desejam-lhes boa sorte e que voltem com o prêmio para esta casa!

Médicos Residentes do Instituto Bairral

Médicos Residentes do Instituto Bairral