Arquivo

Posts Tagged ‘Mindfulness’

Mindfulness/atenção plena – Quais as evidências de que a atenção plena pode ajudar os nossos pacientes… e seus terapeutas?

Nossa rotina turbulenta e apressada faz com que nunca estejamos integralmente no lugar onde deveríamos estar. Sempre consumindo forças com o porvir e esgotando a preciosa energia que precisamos para a vivência plena do momento presente. Isso impacta sobremaneira em nossa saúde, em nossas relações pessoais e em nossa capacidade laboral. E para os profissionais da saúde pode impactar diretamente no bem cuidar de seus pacientes.

Mindfulness (ou atenção plena ou consciência plena) entra nessa história como um treinamento, uma espécie de “musculação” da capacidade de vivenciar o momento presente e desenvolver foco com economia de energia e de saúde.

O tema tem chamado a atenção da comunidade científica desde que Jon Kabbat-Zin trouxe a questão para dentro do universo acadêmico em 1979. O consagrado pesquisador, com vários artigos e livros publicados, conceitua mindfulness de modo bastante específico como “a consciência que surge através do prestar atenção, intencionalmente, no momento presente, sem julgamentos”. Progressivamente, e com as demandas estressoras de nossa “sociedade líquida atual”, despontaram estudos científicos sobre possíveis alterações estruturais e aplicações de mindfulness como técnica.

Esse instigante assunto foi o tema da palestra “Mindfulness – Quais as evidências de que a atenção plena pode ajudar nossos pacientes e seus terapeutas?”, proferida em 28 de maio na reunião mensal do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab) pela médica psiquiatra Dra. Viviane Franco, que é Mestre em Ciências da Saúde pela Unicamp, doutoranda em Psicologia Social e preceptora da Residência Médica em Psiquiatria do Instituto Bairral. Seu pronunciamento trouxe alguns estudos e revisões recentes evidenciando alterações como o espessamento de área cinzenta em determinadas regiões cerebrais e possíveis alterações nas redes sinápticas envolvendo a ínsula e regiões corticais. E também evidências de que praticantes de longa data apresentam mudanças na expressão gênica e na produção de fatores relacionados à inflamação/efeitos anti-inflamatórios. Há, inclusive, promissores estudos relacionados à aplicação da técnica a transtornos psiquiátricos específicos. Os primeiros estudos apontaram para evidências na redução do estresse e dor crônica. Seguem-se, atualmente, investigações sobre melhora da qualidade de vida, redução de recidiva de episódios depressivos, insônia e também no tabagismo e outras dependências, transtornos alimentares e transtorno de estresse pós-traumático. Os estudos relacionados aos transtornos de ansiedade seguem com certa divergência.  Quanto a transtornos como TOC, TDAH e esquizofrenia, os estudos trazem resultados pouco consistentes. Alguns desses estudos salientam a necessidade da observação de certa estabilidade clínica para a aplicação das técnicas. Também reforçam a necessidade de maior rigor metodológico, controle de variáveis confundidoras e número maior de pacientes analisados em estudos longitudinais.

A palestra enfatizou não só a prática formal de mindfulness como os momentos destinados ao exercício de meditação, como também as ditas atitudes mindfulness como agentes significativos para a busca de uma melhor qualidade de vida. Assim, além de uma prática regular, com exercícios de meditação, pontuados pelo cuidado para não cair na armadilha do excessivo julgamento, o cultivo continuado de atitudes como a mente de principiante, aceitação, desapego, confiança, paciência, gratidão e generosidade podem ser passos importantes para o autoconhecimento e para o crescimento pessoal, que ganha espaço se pudermos usar toda a energia que sobra quando aprendemos a utilizá-la com foco e de forma salutar. Não custa tentar…

Médica psiquiatra Dra. Viviane Franco, ministrou palestra do CEPAB com o tema Mindfulness.

Médica psiquiatra Dra. Viviane Franco, ministrou palestra do CEPAB com o tema Mindfulness.

 

Bairral capacita facilitador em módulo avançado de formação profissional em Mindfulness

Entre os dias 25 e 29 de setembro aconteceu na Casa de Retiros Emaús, em Itapecerica da Serra (SP), o Módulo Avançado de Formação Profissional em Prevenção de Recaída Baseada em Mindfulness (MBRP), ministrado pelos profissionais do Centro Brasileiro de Pesquisa e Formação em MBRP do Núcleo de Pesquisa em Saúde e Uso de Substâncias (Nepsis) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Nesse curso para instrutor o Bairral esteve representado por Maurício Landre, Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota, que com essa atividade completou o ciclo de capacitações, que é composto de três módulos. O próximo passo nesse processo é a aplicação das sessões e exercícios junto aos profissionais e aos acolhidos do programa da CT Santa Carlota, sob supervisão da Dra. Ana Regina Noto, coordenadora do curso. Este terceiro módulo aprofundou as práticas de Mindfulness com ênfase nas boas práticas para os facilitadores que trabalham com as Intervenções baseadas nessa técnica.

Duas turmas da equipe da CT Santa Carlota já iniciaram o processo de desenvolvimento da habilidade Mindfulness, ou seja, atenção plena voltada para os pensamentos e sensações que são disparados como gatilhos à medida que nos envolvemos no cotidiano de nossas ações e, muitas vezes, respondemos de forma automática, comprometendo a qualidade de nosso corpo e nossa mente. Em breve a CT Santa Carlota participará de uma pesquisa envolvendo Mindfulness como uma alternativa de prevenção de recaída.

Este é mais um passo no desenvolvimento de técnicas e práticas eficazes para o processo de tratamento e recuperação dos acolhidos com transtornos por abuso de substâncias.

Casa de Retiros Emaús, em Itapecerica da Serra (SP)

Casa de Retiros Emaús, em Itapecerica da Serra (SP)

Maurício durante o Módulo Avançado de Formação Profissional em Prevenção de Recaída Baseada em Mindfulness (MBRP)

Maurício durante o Módulo Avançado de Formação Profissional em Prevenção de Recaída Baseada em Mindfulness (MBRP)

Participantes do módulo avançado de formação profissional em Mindfulness.

Participantes do módulo avançado de formação profissional em Mindfulness.

 

Pesquisa em Mindfulness – MBRP BRASIL e o BAIRRAL

No dia 11 de julho de 2018, foram recebidos aqui no Bairral, pelo Diretor Superintendente, Nivaldo José Caliman, e pelo Coordenador Técnico da CT Santa Carlota, Maurício Landre, a Equipe do Núcleo de Pesquisa em Saúde e Uso de Substâncias e do Centro Brasileiro de Pesquisa e Formação em MBRP – Mindfulness Baseado em Prevenção de Recaída (MBRP BRASIL), para dar início a uma pesquisa sobre Impulsividade e Mindfulness. Na oportunidade também o Bairral manifestou seu interesse em promover parceria para o desenvolvimento de Oficina Mindfulness e Saúde Mental, módulo preparatório para uma formação profissional futuramente.

Na psicologia e medicina ocidentais, o conceito de mindfulness vem sendo definido como “prestar atenção ao momento presente de forma intencional e sem julgamentos”

Diversas pesquisas têm sido realizadas nessa área, indicando que ao aumentar o nível de mindfulness por meio das práticas de meditação, os participantes passam a ter mais consciência de suas reações, de seus gatilhos e de seus hábitos mentais ou comportamentais que normalmente são inconscientes. Com isso, passam a ter formas mais habilidosas de manejo, ao invés de se deixar arrastar pelo turbilhão de emoções e pensamentos.

A visita contou com 6 membros da equipe da Profa. Ana Regina Noto, Coordenadora do MBRP Brasil e no NEPSIS. Num primeiro momento houve uma conversa inicial para tratativas de um curso para membros das equipes dos programas do Bairral e depois de conhecer e de fazer um tour pelo Bairral, toda equipe se dirigiu à CT Santa Carlota. Lá a Profa. Ana foi apresentada aos nossos residentes acolhidos que apresentou a técnica de mindfulness e o objetivo da pesquisa sobre impulsividade e mindfulness.

Depois conheceram todas as instalações da CT. Agora os parâmetros estão em análise, objetivando a viabilização desta parceria entre o MBRP BRASIL e o Bairral.

                Pesquisa em Mindfulness – MBRP BRASIL e o BAIRRAL

 

                 Pesquisa em Mindfulness – MBRP BRASIL e o BAIRRAL

Curso de MBRP – Mindfulness baseado em Prevenção de Recaída

Entre os dias 23 e 29 de abril o Coordenador Técnico da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota do Instituto Bairral, Maurício Landre, participou do Curso de MBRP – Mindfulness Baseado em Prevenção de Recaída, realizado na Casa Emaús, em Itapecerica da Serra (SP), ministrado pela equipe do MBRP Brasil – Centro Brasileiro de Pesquisa e Formação em MBRP.

O curso foi desenvolvido usando a metodologia de imersão em sessões e vivências práticas, discussões e treinamento com os instrutores, nessa técnica que cresce sua prática para diferentes perfis psicopatológicos, estresse e nos meios organizacionais.

A ideia é que ainda este ano as equipes da CT Santa Carlota e de outros programas do Instituto Bairral de Psiquiatria possam receber tal treinamento, beneficiando-se dessa prática e introduzindo-a para os acolhidos e pacientes, primeiramente nos tratamentos para dependência de álcool e doutras drogas. A prática contempla técnicas do tratamento básico, prevenção de recaída e técnicas de mindfulness.

Pode-se definir de uma maneira simples mindfulness como a “arte” de prestar atenção de um jeito específico: de propósito, no momento presente e sem julgar. É também ter compaixão e não julgamento consigo próprio e com suas experiências.

O treinamento auxilia a identificar pensamentos automáticos e gatilhos para uma reatividade muitas vezes impulsiva e destrutiva, que pode levar o individuo a uma recaída, seja no uso de drogas ou álcool, seja no desenvolvimento de sinais e sintomas do estresse e outras dificuldades que surgem nesses momentos.

Mindfulness não é não ter pensamentos ouestar perfeitamente concentrado, mas estar consciente de qualquer coisa que esteja acontecendo. “Se a mente divagar cem vezes, notamos a divagação e voltamos ao corpo.” O curso é dividido em três módulos – introdutório, teoria e aprofundamento – e é ministrado pela equipe da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) por intermédio da professora Ana Regina Noto.

É o Bairral sempre inovando e acompanhando as evidências científicas e proporcionando a seus colaboradores e atendidos o melhor que existe no meio acadêmico e social.

Maurício Landre com participantes do Curso de MBRP

Maurício Landre com participantes do Curso de MBRP.