Arquivo

Posts Tagged ‘psiquiatria’

Atualização em Psiquiatria Geriátrica

O XXII Simpósio Internacional de Atualização em Psiquiatria Geriátrica aconteceu em São Paulo, nos dias 16 e 17 de março.  Ana Maria Garcia Mendes Rodrigues, médica psiquiatra, e Nathália Siqueira, psicóloga, profissionais da equipe do setor Estância, uma das unidades geriátricas do Instituto Bairral de Psiquiatria, estiveram presentes nesse importante evento.

O evento contou com a presença da Dra. Michal Schnaider Beeri, PhD-Professora da Icahn School of Medicine at Mont Sinai, entre outros renomados especialistas. Dra. Michal conduziu conferência sobre a relação entre diabetes mellitus tipo II e demências, apresentando estudos que mostram evidências da relação entre diabetes e demência Vascular, explicando como alterações metabólicas desses pacientes levam a lesões vasculares cerebrais.

Teve destaque também a mesa-redonda em que se discutiram estratégias de prevenção de síndromes demenciais. Foram apresentados estudos sobre a relação entre insônia e o desenvolvimento e o agravamento de quadros demenciais. Pacientes com insônia têm hipermetabolismo cerebral durante a noite, favorecendo o estresse, e podem ter hipometabolismo cerebral durante o dia, causando piora em seu desempenho cognitivo. Para tratamento da insônia, foram amplamente discutidas as estratégias ligadas à higiene do sono, como a exposição à luz solar, atividade física regular, vida social, técnicas de relaxamento, meditação e adequação do ambiente para o repouso, lembrando que a estratégia medicamentosa deveria ser a última opção no tratamento da insônia.

Ainda sobre a prevenção das demências, os estudos mostram que o exercício físico torna o cérebro mais resistente a lesões e aumenta a neuroplasticidade.

No simpósio foi apresentado o Tailored Activity Program (TAP). Trata-se de instrumento de terapia ocupacional para a reabilitação funcional de pacientes com quadros demenciais. O TAP envolve a orientação dos cuidadores e usa atividades baseadas em interesses prévios dos pacientes.

Foi apresentado também o Método Montessori para Demência. Trata-se de uma adaptação do método utilizado em educação e que tem sido usado com a finalidade de preservar a autonomia dos pacientes portadores de síndromes demenciais.

Além do acesso às mais recentes pesquisas em Psiquiatra Geriátrica, com palestras sobre Neurorradiologia, Medicina Nuclear, novos antidepressivos e uso da melatonina para pacientes idosos, o simpósio contou com um excelente workshop com os especialistas do Proter (Programa Terceira Idade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP). Nele foram discutidas as diretrizes atuais para tratamento da depressão em idosos e o diagnóstico e tratamento da Doença de Alzheimer.

Psiquiatra Ana Maria e psicologa Nathália durante XXII Simpósio Internacional de Atualização em Psiquiatria Geriátrica.

Psiquiatra Ana Maria e psicóloga Nathália durante o Simpósio.

I Simpósio de Personalidade Borderline – “De perto não é tudo igual”

No dia 9 de dezembro de 2017 técnicos da Vivenda, uma das unidades de tratamento do Instituto Bairral, estiveram presentes no I Simpósio de Personalidade Borderline do Departamento de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo (SP), que abordou um amplo leque de temas: conceitos atuais de personalidade e transtornos de personalidade “borderline” (TPB); comorbidades psiquiátricas; o funcionamento “borderline”; diferentes abordagens psicoterapêuticas para o TPB; técnicas de abordagem, avaliação e escalas de personalidade; manejo de “crise” e tratamentos alternativos.

O evento contou com palestrantes experientes no manejo de pacientes com TPB que atendem no Ambulatório Integrado dos Transtornos de Personalidade e do Impulso, que atua desde 1996 no Instituto de Psiquiatria (IPq) do HC-FMUSP, entre eles os Drs. Erlei Sassi Jr., Fernanda Martins Sassi e Anny Karina P. M. Menezes.

No Instituto Bairral o setor Vivenda recebe pacientes com TPB e busca sempre compreender para tratar, procurando aprimorar-se e atualizar-se quanto às novidades na área que visem ao melhor método para atender seus internos.

No simpósio do qual estamos falando os estudos de caso foram interessantes e complementares às palestras, mostrando na vivência as dificuldades e os êxitos nos atendimentos desta categoria de pacientes, tendo sido possível trocar experiências e entender melhor nossa demanda, o que veio a contribuir bastante com a prática clínica no acolhimento de pacientes com este perfil diagnóstico.

Completamos a informação sobre o simpósio com uma informação técnica: “Transtornos da personalidade compreendem diversos estados e tipos de comportamento clinicamente significativos; alguns aparecem precocemente durante o desenvolvimento individual sob a influência conjunta de fatores constitucionais e sociais, enquanto outros são adquiridos mais tardiamente durante a vida. Eles representam desvios extremos ou significativos das percepções, dos pensamentos, das sensações e particularmente das relações com os outros. Tais tipos de comportamento englobam múltiplos domínios do funcionamento psicológico.” (Fonte: DATASUS)

Na foto, da esquerda para a direita: psicóloga Cassiana Galdi, enfermeiro Jonas Claudino, professor de educação física Michael Fraccarolli e terapeuta ocupacional Gabriela Novaes.

Na foto, da esquerda para a direita: psicóloga Cassiana Galdi, enfermeiro Jonas Claudino, professor de educação física Michael Fraccarolli e terapeuta ocupacional Gabriela Novaes.

COMO LIDAR COM EMOÇÕES NEGATIVAS

Em 13 de novembro o Bairral contou novamente com a presença da palestrante internacional Sharon Seivert. Ela é CEO da The Corporation Inc., sediada em Cambridge, nos Estados Unidos, com filiais em Washington, Nova Iorque e Miami, além da Holanda, Espanha e Brasil.

Na oportunidade, a temática “Como lidar com emoções negativas” foi por ela apresentada a lideranças da área técnica (coordenadores técnicos e enfermeiros), em um workshop exclusivo no período da tarde, no Centro de Educação Continuada do hospital.

Ainda no dia 13, no auditório do Bairral, a mesma temática foi abordada por Sharon, agora com ênfase nas crianças – “Como ajudar crianças a lidar com emoções negativas” –, apresentada a cerca de 300 participantes das mais diversas profissões.

A ilustre visitante esteve mais uma vez conosco a convite da Dra. Taís Moriyama, médica responsável pela área de Psiquiatria do Desenvolvimento do Bairral.

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama durante a palestra "Como lidar com emoções negativas".

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama durante a palestra “Como lidar com emoções negativas”.

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama durante a palestra "Como lidar com emoções negativas".

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama durante a palestra “Como lidar com emoções negativas”.

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama.

Sharon Seivert e Dra. Tais Moriyama.

Dra. Tais Moriyama, Nivaldo Caliman e Sharon Seivert.

Dra. Tais Moriyama, Nivaldo Caliman e Sharon Seivert.

Dra. Tais Moriyama e Sharon Seivert durante a palestra “Como ajudar crianças a lidar com emoções negativas”.

Dra. Tais Moriyama e Sharon Seivert durante a palestra “Como ajudar crianças a lidar com emoções negativas”.

A palestra “Como ajudar crianças a lidar com emoções negativas” foi apresentada a cerca de 300 participantes.

A palestra “Como ajudar crianças a lidar com emoções negativas” foi apresentada a cerca de 300 participantes.

Presença internacional da CT Santa Carlota

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota, um dos serviços do Instituto Bairral de Psiquiatria, participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery(Caminhos de Cuidados para a Recuperação), que aconteceu no Dublin Castle, em Dublin, Irlanda, entre os dias 20 e 22 de setembro, apresentando a sua metodologia e os números nesses seus cinco anos de funcionamento. Atualmente, 75% da capacidade de atendimento da CT Santa Carlota são destinados aos dependentes de crack e outras drogas encaminhados pelo Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod), órgão do Governo do Estado com sede em São Paulo (SP), na sua maioria casos originários da “Cracolândia”, em situação de rua, com vínculos rompidos e uma desorganização psicossocial integral.

No evento em Dublin ocorreram 60 apresentações de diferentes países da Europa, Austrália, Índia, Rússia, Israel, Paquistão, Grécia, Oriente Médio, Escandinávia e dos Estados Unidos, registrando-se a presença de palestrantes renomados no mundo da prevenção e tratamento das dependências, entre eles: Dr. George De Leon: reconhecido como a principal autoridade em tratamento e pesquisa em Comunidade Terapêutica, Professor Clínico em Psiquiatria na Universidade de Nova York, autor de mais de 170 artigos e capítulos científicos, tendo escrito e editado sete livros e monografias, incluindo “A Comunidade Terapêutica: Teoria, Modelo e Método”, considerado o livro mais importante no campo; Gilberto Gerra, Chief of Drug Prevention and Health, Division for Operations, United Nations Office on Drugs and Crime, Viena, Áustria; Dr. Eamon Keenan, da Irlanda; Naya Arbiter, do Estado de Novo México (EUA); David Best, fundador da Australian Recovery Academy (UK); Sharon Dawe, Professor de Psicologia Clínica na Griffith University, autor de “Mothering Justice” (UK); Professora Catherine Comiskey, do Trinity College, de Dublin, Irlanda; Wouter Vanderplasschen, da Bélgica; Michael Donnellan, da Irlanda; Rod Mullen, dos EUA; e Jo-Hanna Ivers, do Trinity College, de Dublin, Irlanda.

A Conferência foi dividida em três grandes tópicos que direcionaram todos os trabalhos apresentados: “Gênero, Mulheres e Famílias”, “Tratamento na Prisão e Ambientes Seguros” e “Saúde Mental, Bem-Estar e Dificuldades Intelectuais”.

Atualmente, a CT Santa Carlota atende 100 dependentes de álcool e outras drogas, por meio de parceria público-privada entre o Instituto Bairral e a Secretaria de Estado de Saúde do Estado de São Paulo. O trabalho apresentado pela CT Santa Carlota nesse importante conclave foi coletado durante os cinco anos de sua existência, assim como um comparativo entre esses dados e os últimos 21 meses, quando a CT Santa Carlota passou a oferecer 75% de seus leitos para a população encaminhada pelo Cratod, vindos principalmente da “Cracolândia”. Com o total apoio de Nivaldo José Caliman, Diretor Superintendente do Instituto Bairral de Psiquiatria, foi elaborado e apresentado por Maurício Landre, Coordenador Técnico da CT Santa Carlota, Graduado em Serviço Social e Especialista em Dependência Química pela Unifesp, com a colaboração de Aline Cristina da Silva, estudante de Serviço Social e Assistente Administrativa Executiva da CT, e Ricardo Moriyama, responsável pela área de  marketing do Instituto Bairral, com a Supervisão de Dr. Ronaldo Ramos Laranjeira, Professor Titular do Curso de Psiquiatria da Unifesp.

A CT Santa Carlota já atendeu mais de 1.500 usuários crônicos de álcool e drogas e mais de 9.000 familiares em seus 5 anos de vida. Em outubro de 2015 passou a reservar 75% da sua capacidade de atendimento para acolhidos vindos da região central de São Paulo, encaminhados pelo Cratod. A taxa de conclusão do tratamento para esse perfil de comprometimento é próxima dos 44%, em comparação com os que vieram encaminhados de outras regiões, que foi de 54%.

A presença do Dr. George De Leon e outros líderes mundiais na área da prevenção e tratamento, durante a apresentação oral da CT Santa Carlota e de nossos resultados, abrilhantou o momento que ocupou toda a plenária da Conferência.

Após a apresentação o Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre e sua filha e intérprete Verônica Landre tiveram uma reunião com Dr. De Leon para esclarecer mais detalhes de nosso programa, que tem como idealizador da proposta o Dr. Ronaldo Laranjeira, Professor de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo e criador do “Programa Recomeço” no Estado de São Paulo, e da metodologia inspirada e embasada na experiência que o Dr. De Leon explanou em seu livro “A Comunidade Terapêutica: Teoria, Modelo e Método”.

O Dr. George De Leon ficou impressionado com os dados, a estrutura e o programa da CT Santa Carlota, e acreditamos que suas impressões vão ser ainda melhores quando pessoalmente conhecer todo nosso processo de acolhimento, recuperação e reinserção social, em visita que está programada para o fim deste ano de 2017.

Recentemente, nas comemorações do quinto ano de funcionamento da CT Santa Carlota, foi descerrada uma placa comemorativa na qual o Dr. De Leon é citado como inspirador da obra, junto com o Dr. Ronaldo Laranjeira como idealizador. Estamos ansiosos para que sua vinda nos brinde com seu conhecimento e suas sugestões.

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre.

Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre.

Cepab de agosto traz “História da Psiquiatria” como tema

Em 29 de agosto o Centro de Educação Continuada do Instituto Bairral foi palco de mais uma palestra promovida pelo Cepab – Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral. Desta vez o tema foi “História da Psiquiatria”, sugerido pela Dra. Viviane Franco, médica psiquiatra do hospital, e apresentado pelas médicas-residentes R1 Dras. Ana Laura Miranda, Liz Marcato e Patrícia Katto, sob supervisão do também médico psiquiatra, Dr. Rafael Manrique, do corpo clínico do Bairral. As palestrantes abordaram a evolução dos conceitos dos principais transtornos mentais ao longo da História, (“histeria”, transtornos do humor e esquizofrenia, entre outros), bem como as principais maneiras de tratamento no passado, traçando um paralelo com as práticas atuais da psiquiatria. Ao final da apresentação foi feito um breve resumo da formação da psiquiatria no Brasil, mais especificamente no Estado de São Paulo, desde o tempo do Brasil colonial até a atualidade.

A reunião foi direcionada aos diversos profissionais que compõem a equipe técnica do hospital, e também e de modo especial aos psiquiatras em formação no Programa de Residência Médica da instituição, os quais trouxeram suas dúvidas, ponderações e relatos ao término da apresentação.

 

CEPAB de Agosto traz “História da Psiquiatria” como tema.


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1