Arquivo

Posts Tagged ‘saude mental’

Capacitação “Um olhar para o cuidar”

A demanda de cuidados em saúde mental não se restringe apenas a minimizar riscos de internação ou controlar sintomas. Atualmente, os cuidados envolvem também questões pessoais, sociais e emocionais, relacionadas à convivência com o adoecimento mental. Tais cuidados são cotidianos e envolvem uma demanda de atenção nem sempre prontamente assistida devido a inúmeras dificuldades vivenciadas pelas equipes de cuidadores e enfermagem.

Em tal contexto, faz-se necessário capacitar os profissionais envolvidos nessa assistência para que desenvolvam um olhar mais criterioso, de sensibilidade e previsão. Cuidar é também perceber a outra pessoa como ela é, e como se mostra, seus gestos e falas, sua dor e limitações. Percebendo isso, o cuidador tem condições de prestar o cuidado de forma individualizada, a partir de suas ideias, conhecimentos e criatividade, levando em consideração as particularidades e necessidades da pessoa a ser cuidada. Esses cuidados devem ir além dos cuidados com o corpo, pois além do sofrimento físico decorrente de uma doença ou limitação, há que se levar em conta as questões emocionais, a história de vida, os sentimentos e emoções da pessoa a ser cuidada.

Nas datas de 28 e 29 de novembro e 5 e 6 de dezembro foi realizada no Bairral a capacitação “Um olhar para o cuidar”, que teve como público-alvo os profissionais que lidam diretamente com pacientes que demandam mais cuidados devido ao prejuízo cognitivo e no desenvolvimento para atividades de vida diária (AVD), os quais, em nossa instituição, estão alojados nos setores 1º Andar Feminino, Anexo A, Anexos AB1 e AB2, Recanto, Serviço Infantil, CAPS II e Serviço de Residência Terapêutica II.

Todo o conteúdo foi voltado ao desenvolvimento deste olhar nos profissionais, além de instruir para o manejo de comportamentos e para os cuidados assistenciais e sociais, visando sempre a reforçar o vínculo entre paciente e cuidador. As palestras foram ministradas pela equipe multiprofissional do CAPS/AE com o suporte do setor de RH e registraram a presença de cerca de 80 profissionais, entre cuidadores e pessoal da enfermagem.

Psicólogas Marília e Carolina juntas a Enfermeira Lívia durante a Capacitação.

Psicólogas Marília e Carolina juntas a Enfermeira Lívia durante a Capacitação.

Terapeuta Ocupacional Mariana e Psicóloga Fernanda Perin, durante participação no evento.

Terapeuta Ocupacional Mariana e Psicóloga Fernanda Perin, durante participação no evento.

Psicóloga Fernanda Rondelo e Enfermeira Lívia durante a Capacitação.

Psicóloga Fernanda Rondelo e Enfermeira Lívia durante a Capacitação.

Coordenador Nacional de Saúde Mental visita Bairral

No último dia 30 de abril, o Bairral recebeu a honrosa visita do Dr. Quirino Cordeiro, Coordenador Nacional de Saúde Mental do Ministério da Saúde. Na oportunidade foi recepcionado por lideranças setoriais e por membros dos Conselhos Diretor e Curador.

Durante reunião de trabalho, o Dr. Quirino apresentou aos presentes os detalhes do trabalho desenvolvido nos últimos 12 meses. Apontou inúmeras irregularidades nos programas do Ministério da Saúde, em especial na área de saúde mental, todas gravíssimas, que foram devidamente encaminhadas ao serviço de auditoria do SUS. Tivemos ainda a oportunidade de discorrer e questionar sobre o a Portaria MS 3588 de 21/12/2017 e suas consequências ao Bairral. Inúmeras dúvidas foram dirimidas aos participantes. Num segundo momento da visita, o Dr. Quirino percorreu as instalações do Bairral. No período da tarde, acompanhado pelo Diretores Técnico e Superintendente, visitou as instalações da Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota.  Na oportunidade, recepcionado por seu Coordenador Técnico, Mauricio Landre, conheceu todo projeto terapêutico, assim como, participou de atividade grupal com todos os residentes. Novos momentos de contato estão programados, como possível reunião em Brasília, objetivando viabilizar novos projetos, como a criação de uma C.T. feminina e finalmente a obtenção do status de hospital Escola para a nossa Instituição.

Dr. Quirino com os residentes da C.T. Santa Carlota.

Dr. Quirino com os residentes da C.T. Santa Carlota.

 

Dr. Marcelo Ortiz, Maurício Landre, Dr. Quirino Cordeiro e Nivaldo.

Dr. Marcelo Ortiz, Maurício Landre, Dr. Quirino Cordeiro e Nivaldo.

 

Dr. Quirino e lideranças do Bairral. O SUS e suas interfaces.

Dr. Quirino e lideranças do Bairral. O SUS e suas interfaces.

 

Momento de visita na C.T. Santa Carlota.

Momento de visita na C.T. Santa Carlota.

 

Diretores e Lideranças do Bairral recepcionaram Dr. Quirino Cordeiro.

Diretores e Lideranças do Bairral recepcionaram Dr. Quirino Cordeiro.

Caminhada “Janeiro Branco”

Na tarde do dia 23 de janeiro foi realizada uma caminhada em prol da campanha “Janeiro Branco”, a qual contou com a participação dos pacientes matriculados no CAPS II “Onofre Batista” e de integrantes de sua equipe multiprofissional.

A ação teve como objetivo sensibilizar a população sobre a importância de cuidar da saúde mental e instruí-la acerca dos serviços oferecidos pelo CAPS II “Onofre Batista”, que é um serviço de saúde aberto e comunitário do SUS, especializado no tratamento de pessoas com transtornos mentais graves e persistentes.

Com roupas brancas e placas informativas referentes à campanha “Janeiro Branco”, a caminhada teve como ponto de partida o CAPS II e dirigiu-se até a Praça Bernardino de Campos, na parte central de Itapira, onde um estande foi montado para receber a população. Num clima bastante descontraído, os participantes passaram uma tarde agradável com muitas pessoas, conversando sobre a campanha e distribuindo mensagens positivas e motivadoras armazenadas dentro de bexigas brancas. Além disso, o estande contou com um painel interativo que permitiu à população deixar sua marca digital, a qual representa a sua participação e envolvimento com a campanha. As digitais deram forma à copa de uma árvore, simbolizando vitalidade, evolução, força, sabedoria, equilíbrio e crescimento, elementos importantes para uma boa saúde mental.

Participantes da campanha “Janeiro Branco”.

Participantes da campanha “Janeiro Branco”.

Participantes da campanha “Janeiro Branco”.

Participantes da campanha “Janeiro Branco”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria

Aconteceu no período de 25 a 28 de outubro, no Centro de Convenções Transamérica Expo Center, na cidade de São Paulo (SP), o XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria, cuja temática principal foi “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

O Instituto Bairral se fez mais uma vez presente nas mais diversas áreas, levando a nossa experiência e qualidade. Comparecemos com 14 trabalhos na sessão pôster, na amostra competitiva de curta metragens com dois filmes (conquistando o 2º lugar), e em várias mesas de debates e estudos de casos. Outra participação já tradicional foi a presença do nosso estande na feira paralela ao evento científico. Este ano levamos uma proposta conceitual totalmente diferenciada, na qual a abordagem qualitativa substituiu um modelo mais quantitativo de apresentar o Bairral. Para tanto, um estande diferenciado na sua concepção ajudou na composição desta nova forma, a qual, além de apresentar a nova logomarca Bairral, realçou a ideia de um complexo em saúde mental, onde a promoção do bem-estar aos pacientes é o principal objetivo.

Em 2018 o referido congresso deverá ocorrer em Brasília, e em 2019 na cidade de Porto Alegre.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria “O futuro da Psiquiatria dentro da Neurociência”.

Presença internacional da CT Santa Carlota

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota, um dos serviços do Instituto Bairral de Psiquiatria, participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery(Caminhos de Cuidados para a Recuperação), que aconteceu no Dublin Castle, em Dublin, Irlanda, entre os dias 20 e 22 de setembro, apresentando a sua metodologia e os números nesses seus cinco anos de funcionamento. Atualmente, 75% da capacidade de atendimento da CT Santa Carlota são destinados aos dependentes de crack e outras drogas encaminhados pelo Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod), órgão do Governo do Estado com sede em São Paulo (SP), na sua maioria casos originários da “Cracolândia”, em situação de rua, com vínculos rompidos e uma desorganização psicossocial integral.

No evento em Dublin ocorreram 60 apresentações de diferentes países da Europa, Austrália, Índia, Rússia, Israel, Paquistão, Grécia, Oriente Médio, Escandinávia e dos Estados Unidos, registrando-se a presença de palestrantes renomados no mundo da prevenção e tratamento das dependências, entre eles: Dr. George De Leon: reconhecido como a principal autoridade em tratamento e pesquisa em Comunidade Terapêutica, Professor Clínico em Psiquiatria na Universidade de Nova York, autor de mais de 170 artigos e capítulos científicos, tendo escrito e editado sete livros e monografias, incluindo “A Comunidade Terapêutica: Teoria, Modelo e Método”, considerado o livro mais importante no campo; Gilberto Gerra, Chief of Drug Prevention and Health, Division for Operations, United Nations Office on Drugs and Crime, Viena, Áustria; Dr. Eamon Keenan, da Irlanda; Naya Arbiter, do Estado de Novo México (EUA); David Best, fundador da Australian Recovery Academy (UK); Sharon Dawe, Professor de Psicologia Clínica na Griffith University, autor de “Mothering Justice” (UK); Professora Catherine Comiskey, do Trinity College, de Dublin, Irlanda; Wouter Vanderplasschen, da Bélgica; Michael Donnellan, da Irlanda; Rod Mullen, dos EUA; e Jo-Hanna Ivers, do Trinity College, de Dublin, Irlanda.

A Conferência foi dividida em três grandes tópicos que direcionaram todos os trabalhos apresentados: “Gênero, Mulheres e Famílias”, “Tratamento na Prisão e Ambientes Seguros” e “Saúde Mental, Bem-Estar e Dificuldades Intelectuais”.

Atualmente, a CT Santa Carlota atende 100 dependentes de álcool e outras drogas, por meio de parceria público-privada entre o Instituto Bairral e a Secretaria de Estado de Saúde do Estado de São Paulo. O trabalho apresentado pela CT Santa Carlota nesse importante conclave foi coletado durante os cinco anos de sua existência, assim como um comparativo entre esses dados e os últimos 21 meses, quando a CT Santa Carlota passou a oferecer 75% de seus leitos para a população encaminhada pelo Cratod, vindos principalmente da “Cracolândia”. Com o total apoio de Nivaldo José Caliman, Diretor Superintendente do Instituto Bairral de Psiquiatria, foi elaborado e apresentado por Maurício Landre, Coordenador Técnico da CT Santa Carlota, Graduado em Serviço Social e Especialista em Dependência Química pela Unifesp, com a colaboração de Aline Cristina da Silva, estudante de Serviço Social e Assistente Administrativa Executiva da CT, e Ricardo Moriyama, responsável pela área de  marketing do Instituto Bairral, com a Supervisão de Dr. Ronaldo Ramos Laranjeira, Professor Titular do Curso de Psiquiatria da Unifesp.

A CT Santa Carlota já atendeu mais de 1.500 usuários crônicos de álcool e drogas e mais de 9.000 familiares em seus 5 anos de vida. Em outubro de 2015 passou a reservar 75% da sua capacidade de atendimento para acolhidos vindos da região central de São Paulo, encaminhados pelo Cratod. A taxa de conclusão do tratamento para esse perfil de comprometimento é próxima dos 44%, em comparação com os que vieram encaminhados de outras regiões, que foi de 54%.

A presença do Dr. George De Leon e outros líderes mundiais na área da prevenção e tratamento, durante a apresentação oral da CT Santa Carlota e de nossos resultados, abrilhantou o momento que ocupou toda a plenária da Conferência.

Após a apresentação o Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre e sua filha e intérprete Verônica Landre tiveram uma reunião com Dr. De Leon para esclarecer mais detalhes de nosso programa, que tem como idealizador da proposta o Dr. Ronaldo Laranjeira, Professor de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo e criador do “Programa Recomeço” no Estado de São Paulo, e da metodologia inspirada e embasada na experiência que o Dr. De Leon explanou em seu livro “A Comunidade Terapêutica: Teoria, Modelo e Método”.

O Dr. George De Leon ficou impressionado com os dados, a estrutura e o programa da CT Santa Carlota, e acreditamos que suas impressões vão ser ainda melhores quando pessoalmente conhecer todo nosso processo de acolhimento, recuperação e reinserção social, em visita que está programada para o fim deste ano de 2017.

Recentemente, nas comemorações do quinto ano de funcionamento da CT Santa Carlota, foi descerrada uma placa comemorativa na qual o Dr. De Leon é citado como inspirador da obra, junto com o Dr. Ronaldo Laranjeira como idealizador. Estamos ansiosos para que sua vinda nos brinde com seu conhecimento e suas sugestões.

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

A Comunidade Terapêutica Rural Santa Carlota participou da 16.a Conferência da Federação Europeia de Comunidades Terapêuticas – “Pathways of Care to Recovery” (Caminhos de Cuidados para a Recuperação).

Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre.

Coordenador da CT Santa Carlota Maurício Landre.