Arquivo

Posts Tagged ‘setembro amarelo’

Setembro Amarelo: “Mitos e Verdades sobre Suicídio”

O mês de setembro, que, por se tratar de um mês voltado para a prevenção do suicídio, é considerado “Setembro Amarelo”, foi celebrado pelo Bairral com uma palestra aberta à população realizada em seu auditório no dia 12 de setembro. Seu tema foi “Mitos e verdades sobre suicídio”, abordado pela Dra. Érica Maia, médica psiquiatra do hospital.

O evento foi organizado pela equipe de residência médica em conjunto com a equipe do CAPS II “Onofre Batista”, que é gerido pelo Bairral, e contou com a presença de aproximadamente 200 pessoas, entre funcionários da instituição e participantes da comunidade.

A palestra teve como finalidade informar e conscientizar o público sobre os mitos e verdades que envolvem o suicídio, um assunto de relevante importância e sempre atual.

Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento.

Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento.

Dra. Érica Maia, durante explanação sobre o assunto.

Dra. Érica Maia, durante explanação sobre o assunto.

CEPAB apoia campanha da ABP sobre prevenção ao suicídio do Setembro Amarelo

O Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (CEPAB), uma das federadas da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), realizou no mês de setembro no Instituto Bairral de Psiquiatria algumas atividades dirigidas a apoiar a campanha da ABP no chamado “Setembro Amarelo”. Trata-se de um mês dedicado a atividades que reforçam a importância de se falar sobre o suicídio, esta importante questão de saúde pública que afeta milhões de pessoas no mundo todo.  Para tanto, uma das atividades foi a palestra seguida de debate informado conduzida pela psiquiatra Dra. Viviane Franco, médica psiquiatra do Instituto Bairral, realizada no dia 29 de setembro, a qual trouxe atualizações sobre o suicídio oriundas principalmente do mais recente relatório produzido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) intitulado “The first WHO World Suicide Report – Preventing suicide: a global imperative”, publicado em 2014. Alguns destaques desse documento:

  • A cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo.
  •  A cada 3 segundos uma pessoa atenta contra a própria vida em algum lugar do mundo.
  • O suicídio gera um sério impacto em pelo menos outras seis pessoas.
  • A idade média dos indivíduos que cometem suicídio está diminuindo.
  • 60% a 75% dos pacientes que cometeram suicídio procuraram um médico 1 a 6 meses antes de se suicidarem.
  • A ideia de que “quem fala não faz” não é verdadeira no que diz respeito às tentativas de suicídio.
  • Mulheres tentam mais suicídio que homens.
  • Nos homens as tentativas são mais graves, mais brutais e mais bem-sucedidas do que em mulheres.
  • 90% dos que tentam suicídio avisam antes.
  • Uma primeira tentativa tem 30% a mais de chances de se repetir do que quem nunca tentou.
  • Quanto mais planejado o suicídio, mais perigoso no sentido de haver novas tentativas.
  • Dependência de álcool/drogas aumenta o risco de suicídio em até 50%.
  • Acredita-se que anualmente cerca de 4 milhões de adolescentes tentam suicídio e pelo menos 100.000 obtêm êxito.
  • As meninas parecem tentar mais que os meninos, o que é frequentemente associado a sintomas depressivos e uso e abuso de substâncias psicoativas
  • Adolescentes gays e lésbicas são 7 vezes mais propensos a cometer suicídio.
  • A cada 5 horas um adolescente LGBT tenta suicídio no mundo.

Dignidade humana é também ter tratamento para saúde mental adequado. Isto evita e previne suicídio. Daí a importância do adequado treinamento das equipes de saúde como elemento essencial para reconhecer e manejar situações de tentativas de suicídio.

Dra. Viviane Franco, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral

Dra. Viviane Franco, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1