Arquivo

Posts Tagged ‘suicidio’

Setembro Amarelo: “Mitos e Verdades sobre Suicídio”

O mês de setembro, que, por se tratar de um mês voltado para a prevenção do suicídio, é considerado “Setembro Amarelo”, foi celebrado pelo Bairral com uma palestra aberta à população realizada em seu auditório no dia 12 de setembro. Seu tema foi “Mitos e verdades sobre suicídio”, abordado pela Dra. Érica Maia, médica psiquiatra do hospital.

O evento foi organizado pela equipe de residência médica em conjunto com a equipe do CAPS II “Onofre Batista”, que é gerido pelo Bairral, e contou com a presença de aproximadamente 200 pessoas, entre funcionários da instituição e participantes da comunidade.

A palestra teve como finalidade informar e conscientizar o público sobre os mitos e verdades que envolvem o suicídio, um assunto de relevante importância e sempre atual.

Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento.

Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento.

Dra. Érica Maia, durante explanação sobre o assunto.

Dra. Érica Maia, durante explanação sobre o assunto.

Ação do “Setembro Amarelo“ foi um sucesso

No dia 5 de setembro o Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), uma das federadas da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com o apoio da diretoria do Instituto Bairral de Psiquiatria, realizou uma ação para conscientização da prevenção ao suicídio. Para tanto, as equipes do hospital vestiram uma camiseta amarela com os dizeres “A prevenção começa quando o silêncio é rompido” e circularam pelos espaços da instituição convidando a todos para uma palestra que ocorreu mais à noite, proferida pela Dra. Viviane Franco, médica psiquiatra do Bairral. Em sua fala, que foi bastante elucidativa, ela pontuou que existe uma preocupação muito grande em diminuir as taxas de suicídio na população em geral e em populações mais vulneráveis, como adolescentes, idosos, refugiados, dependentes químicos e portadores de doenças mentais. O tratamento para estas pessoas é de suma relevância e uma das intervenções preventivas mais efetivas. O público presente alcançou o número de 350 pessoas, com entrada franca, e a diretoria do Cepab já se prepara para um novo encontro em outubro, dentro do projeto “Cepab Comunidade”, o qual objetiva promover um intercâmbio de saber mais próximo da comunidade itapirense e da região com temas que dialogam com a perspectiva da prevenção em saúde mental.

Ação do “Setembro Amarelo“ foi um sucesso.

Ação do “Setembro Amarelo“ foi um sucesso.

Vida e obra de Vincent van Gogh

A reunião mensal do mês de junho do Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab) contou com uma brilhante exposição da vida e obra do renomado pintor Vincent van Gogh trazida ao público presente com muita sensibilidade e delicadeza pelas médicas residentes em psiquiatria do Instituto Bairral Dra. Bianca Cosme e Dra. Natália Saldanha, orientadas pela coordenadora do setor de psicologia do hospital, Marina Caversan Oliveira de Souza. As três profissionais abordaram toda a trajetória de vida de Vincent van Gogh, desde o seu nascimento até o trágico desfecho de vida com o suicídio, dentro de uma perspectiva do seu contexto emocional, sociofamiliar e também das hipóteses de diagnósticos psiquiátricos aventadas para o pintor. A atividade agradou a todos, por conseguir trazer a beleza e riqueza de possibilidades dentro de uma sensível análise da visão de saúde influenciada pela arte na vida deste artista, deste ser humano, deste indivíduo que segue envolto em muitos enigmas ainda sem respostas.

Apresentação da Dra. Bianca Cosme Bongiovani, da Coordenadora de Psicologia Marina Caversan Oliveira de Souza e da Dra. Natália Leite Saldanha.

Apresentação da Dra. Bianca Cosme Bongiovani, da Coordenadora de Psicologia Marina Caversan Oliveira de Souza e da Dra. Natália Leite Saldanha.

CIDIA promove palestras

O CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência, mais uma frente de trabalho do Instituto Bairral de Psiquiatria, está promovendo um ciclo de palestras com temas voltados para as áreas de sua atuação. Essas palestras ocorrem toda segunda segunda-feira de cada mês, no horário das 18h30 às 20h00, e são ministradas por especialistas das mais diversas áreas que compreendem o universo da infância e adolescência. As inscrições são gratuitas.

Neste ano de 2017 já aconteceram três palestras. A primeira foi realizada no dia 13 de março, abordando o tema “Identificação e intervenção precoce em Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)”, pronunciada pela psicóloga Tatiane Ribeiro, graduada pela Universidade Mackenzie, que é analista do comportamento, especialista em ABA (Análise do Comportamento Aplicada) e mestre em ciências pelo Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da UNIFESP; atualmente é pesquisadora do Serviço de Diagnóstico e Intervenção Precoce do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da USP e coordena uma das mais renomadas equipes de ABA de São Paulo.

A segunda, em 10 de abril, versou sobre “Tratamentos disponíveis para os Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)”, e teve como palestrante a Prof.ª Dra. Ana Soledade Graeff Martins, que é Chefe do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (RS).

A terceira palestra abordou o tema “Suicídio na adolescência” e foi apresentada pelo Dr. Caio Pereira Cortes em 8 de maio. Ele é médico psiquiatra e preceptor da residência médica em Psiquiatria da Infância e Adolescência da Faculdade de Medicina da USP.

Dra. Tais Moriyama, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral e responsável pelo CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência realizou a abertura do Ciclo de Palestras 2017.

Dra. Tais Moriyama, Médica Psiquiatra do Instituto Bairral e responsável pelo CIDIA – Centro Integrado de Desenvolvimento da Infância e Adolescência, realizou a abertura do Ciclo de Palestras 2017.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

Participantes de uma das palestras.

Psicólogas do Instituto Bairral presentes em Encontro de Psicanálise

Em 13 de agosto ocorreu em Itapira o Encontro de Psicanálise “Difusão e Movimento”, promovido pelo Grupo de Estudos Psicanalíticos de Campinas, que teve como tema “O corpo na psicanálise” e contou com a presença de renomados psicanalistas, como Vera Lúcia Colussi Lamanno Adamo, Joice Calza Macedo, Maria da Graça Câmara Barone, Rang-Ly Homem de Ikegami Rochel, Ronis Magdaleno Júnior e Roosevelt Moisés Smeke Cassorla.

A psicóloga Cassiana Samora Galdi coordenou a mesa “Namorando a morte: simbiose e tentativas de suicídio”, e a psicóloga Marina Bittar Capatto coordenou a mesa “Corpo e autismo”, com foco nos subtemas “O corpo na clínica dos transtornos autísticos” e “Mona: no corpo, o entalhe dos signos arcaicos”. Ambas pertencem à equipe técnica do Instituto Bairral de Psiquiatria.

Os temas enfatizados foram o manejo e a contratransferência com pacientes psicossomáticos, a manifestação do estado depressivo primário na clínica dos transtornos autísticos, as dificuldades no tratamento com adolescentes com núcleos autísticos e a interrupção do tratamento e a deficiência no desenvolvimento da simbolização em pacientes borderline que formam relações simbióticas e costumam tentar o suicídio.

Esse evento constituiu-se numa jornada de muito aprendizado, conhecimento e reflexões a respeito de diversas patologias, o que impactou no trabalho das psicólogas no Instituto Bairral, favorecendo a prática clínica e auxiliando na ampliação das possibilidades de compreensão do paciente.

SeA psicóloga Cassiana Samora Galdi coordenou a mesa “Namorando a morte: simbiose e tentativas de suicídio”.m título1

A psicóloga Cassiana Samora Galdi coordenou a mesa “Namorando a morte: simbiose e tentativas de suicídio”.

Psicóloga Marina Bittar Capatto coordenou a mesa “Corpo e autismo”.

Psicóloga Marina Bittar Capatto coordenou a mesa “Corpo e autismo”.


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1