Arquivo

Posts Tagged ‘Vivenda’

Eventos festivos de fim de ano das alas externas

As festas e comemorações de fim de ano são tradição, e no Instituto Bairral não é diferente! Além dos eventos comemorativos mensais que promove, o setor de Terapia Ocupacional organiza com entusiasmo a celebração do Natal e do Ano Novo.

No dia 21 de dezembro foi realizado um bingo que reuniu unidades de tratamento externas do hospital, como Recanto e Estância, no ambiente da unidade Vivenda. Com muita animação foram entregues brindes confeccionados pelos próprios pacientes nas sessões de terapia ocupacional.

Já no dia 28, próximo à virada do ano, aconteceu o Baile de Rèveillon, também na Vivenda, que contou com a participação de pacientes da Estância, Esplanada e Recanto, mais uma vez com muita animação e ao som de um DJ.

Os eventos dessa natureza promovem a integração, socialização e descontração no ambiente de internação. Os pacientes valorizam o contato entre os setores proporcionado por esse momento diferenciado. Entendemos que o hospital é um local protegido de circunstâncias externas, porém não deve ser totalmente alheio aos eventos culturais e sociais que são inerentes à vida em sociedade.

Além das atividades integrativas entre setores, cada setor promoveu eventos internos. Os pacientes confeccionaram enfeites natalinos para deixar o ambiente ainda mais no clima! A equipe promoveu almoços e ceias e acompanhou-os nas refeições. O tradicional “amigo secreto” também foi realizado, seja com cartões ou brindes, e grupos de coral fizeram apresentações. Essas atividades favorecem o envolvimento e vínculo entre pacientes e equipe, que, juntos, compartilham votos de alegria e esperança!

I Simpósio de Personalidade Borderline – “De perto não é tudo igual”

No dia 9 de dezembro de 2017 técnicos da Vivenda, uma das unidades de tratamento do Instituto Bairral, estiveram presentes no I Simpósio de Personalidade Borderline do Departamento de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo (SP), que abordou um amplo leque de temas: conceitos atuais de personalidade e transtornos de personalidade “borderline” (TPB); comorbidades psiquiátricas; o funcionamento “borderline”; diferentes abordagens psicoterapêuticas para o TPB; técnicas de abordagem, avaliação e escalas de personalidade; manejo de “crise” e tratamentos alternativos.

O evento contou com palestrantes experientes no manejo de pacientes com TPB que atendem no Ambulatório Integrado dos Transtornos de Personalidade e do Impulso, que atua desde 1996 no Instituto de Psiquiatria (IPq) do HC-FMUSP, entre eles os Drs. Erlei Sassi Jr., Fernanda Martins Sassi e Anny Karina P. M. Menezes.

No Instituto Bairral o setor Vivenda recebe pacientes com TPB e busca sempre compreender para tratar, procurando aprimorar-se e atualizar-se quanto às novidades na área que visem ao melhor método para atender seus internos.

No simpósio do qual estamos falando os estudos de caso foram interessantes e complementares às palestras, mostrando na vivência as dificuldades e os êxitos nos atendimentos desta categoria de pacientes, tendo sido possível trocar experiências e entender melhor nossa demanda, o que veio a contribuir bastante com a prática clínica no acolhimento de pacientes com este perfil diagnóstico.

Completamos a informação sobre o simpósio com uma informação técnica: “Transtornos da personalidade compreendem diversos estados e tipos de comportamento clinicamente significativos; alguns aparecem precocemente durante o desenvolvimento individual sob a influência conjunta de fatores constitucionais e sociais, enquanto outros são adquiridos mais tardiamente durante a vida. Eles representam desvios extremos ou significativos das percepções, dos pensamentos, das sensações e particularmente das relações com os outros. Tais tipos de comportamento englobam múltiplos domínios do funcionamento psicológico.” (Fonte: DATASUS)

Na foto, da esquerda para a direita: psicóloga Cassiana Galdi, enfermeiro Jonas Claudino, professor de educação física Michael Fraccarolli e terapeuta ocupacional Gabriela Novaes.

Na foto, da esquerda para a direita: psicóloga Cassiana Galdi, enfermeiro Jonas Claudino, professor de educação física Michael Fraccarolli e terapeuta ocupacional Gabriela Novaes.

Esplanada e o seu final de ano

Final de ano é sempre um período de muitas atividades comemorativas no setor Esplanada, uma das unidades de tratamento do Instituto Bairral de Psiquiatria.  A exposição de Terapia Ocupacional foi a primeira dessas atividades. Ao longo de três dias todos os demais setores do hospital estiveram prestigiando a mostra e puderam apreciar os trabalhos realizados na TO da Esplanada ao longo de 2016.

Em seguida os pacientes participaram do bingo que aconteceu no setor Vivenda, além do passeio do mês numa churrascaria e ainda da culinária especial, ocasião em que foi preparado pelos próprios pacientes um sanduíche de metro e festejados os aniversariantes do mês de dezembro.

Ganhou destaque a apresentação do coral do terceiro andar do Prédio Central (Setor Feminino), que prestigiou o setor Esplanada levando a todos belas músicas de Natal. E para finalizar, no dia 29 aconteceu o tradicional baile de final de ano, do qual as demais unidades externas também participaram. Num clima de muita descontração, ao som de músicas dos mais variados ritmos, todos dançaram muito, interagiram intensamente e assim se despediram do ano de 2016.

O Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral reuniu-se com a Sociedade Psicanalítica de Pelotas

Dentro de uma perspectiva do mundo contemporâneo virtual, o Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral, apoiado pelo Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab), reuniu-se no dia 26 de outubro com a Sociedade Psicanalítica de Pelotas (SPpel) para uma discussão de caso clínico por meio de uma videoconferência. O médico-residente R2 Dr. Alexandre Tzermias preparou um caso estruturado de psicoterapia a fim de ser supervisionado pelo Dr. Hémerson Ari Mendes (psiquiatra e psicanalista, atual presidente da SPpel). Também participaram como mediadoras a psicóloga Marina Bittar Capatto (do setor Vivenda do Instituto Bairral) e a Dra. Alessandra Diehl (médica psiquiatra e preceptora da Residência Médica em Psiquiatria do hospital). Uma das temáticas centrais do caso discutido foi a vinculação do terapeuta e de seu paciente e as ressignificações que esta relação pode trazer no processo de saúde deste. Os presentes apreciaram muitíssimo essa atividade, pois puderam trocar saberes e, sobretudo, perceber que a psicanálise não é “uma viagem super-intelectualizada”, como muitos leigos acreditam que ela seja, e ainda, uma vertente distante da prática clínica diária da grande maioria das pessoas; ao contrário, que é possível aproximá-la do humano que existe em cada um de nós, principalmente nesta delicada e importante relação médico-paciente. O GEP/Cepab agradece ao Dr. Hémerson Ari Mendes pela generosidade e pela frutífera parceria que já se estabeleceu entre os dois centros colaboradores.

Dr. Hémerson Ari Mendes (psiquiatra e psicanalista, atual presidente da SPpel) em vídeo conferencia com o Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral.

Dr. Hémerson Ari Mendes (psiquiatra e psicanalista, atual presidente da SPpel) em vídeo conferencia com o Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral.

Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral, apoiado pelo Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab).

Grupo de Estudos Psicanalíticos (GEP) do Instituto Bairral, apoiado pelo Centro de Estudos Psiquiátricos Américo Bairral (Cepab).

Bandeira Amarela é a Campeão da XLI Olimpiada do Instituto Bairral

Olimpíada… Palavra forte que envolve muitos sonhos, sacrifícios, esforço, dedicação, alegrias e frustrações. Isso ficou bastante claro nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos realizados este ano aqui no Brasil.

Paralelamente a todos esses sentimentos, deparamo-nos ainda e ao mesmo tempo com vários aspectos emocionais, os quais por sua vez nos indicam que devemos buscar o equilíbrio para que possamos dosar nossas forças e utilizá-las no momento certo.

Dentro desse espírito, a XLI Olimpíada do Instituto Bairral, realizada no período de 21 a 28 de setembro, mais uma vez representou um evento prazeroso para os pacientes e funcionários. Foi uma semana com muitas atividades, mas tranquila, graças ao empenho e comprometimento por parte dos professores, que contaram com a colaboração da equipe técnica, monitores, conselheiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e coordenadores administrativos, que em plena harmonia participaram do evento. Um clima de amizade, companheirismo, respeito e união tomou conta de todo o evento.

Novas atividades como o basquete masculino no setor Vivenda e o voleibol feminino na quadra do espaço Lúmen, e a grande gincana realizada no dia do encerramento proporcionaram excelente benefício para os pacientes do hospital.

No final, a Bandeira Amarela sagrou-se campeã com 129 pontos, seguida da Bandeira Vermelha, com 121 pontos, e da Bandeira Azul, com 110 pontos. A próxima edição da Olimpíada está programada para o segundo semestre de 2017.

Momento em que a Pira Olímpica foi acesa.

Momento em que a Pira Olímpica foi acesa.

Hasteamento das bandeiras na XLI Olimpiada do Instituto Bairral

Hasteamento das bandeiras na XLI Olimpiada do Instituto Bairral


Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/bairral/www/blog/wp-content/themes/ZenHealth/footer.php on line 1